Post atualizado em junho de 2017

Viajar ao Atacama de carro é uma das aventuras mais fantásticas que já realizamos em nossas vidas.

As estradas que cortam toda a sua extensão e os cenários que se descortinam a cada curva fazem do Deserto do Atacama, um lugar ideal para ser explorado sob quatro rodas. O Atacama reserva inúmeras possibilidades aos seus visitantes motorizados, porém não espere a colaboração dos locais para encontrar os pontos que deseja conhecer.

Visitamos o Atacama duas vezes: em 2015, durante uma viagem de 40 dias pela América do Sul, e retornamos em 2017, nos primeiros meses de nossa Volta ao Mundo de carro.

Clique aqui e leia também o post “O que preciso saber antes de viajar para o Deserto do Atacama”

Após o tempo que passamos em San Pedro, chegamos a conclusão de que existe na cidade a cultura da desinformação ou da dúvida. Tanto os comerciantes, quanto os moradores não apresentam muita disposição em explicar aos turistas como chegar a determinado destino. Os mapas disponíveis na cidade são, muitas vezes, bem confusos e pouco explicativos.

Esta estrada é pavimentada? Existe sinalização no caminho até o Salar de Tara? As estradas de terra são fofas e escorregadias? Consigo chegar até os Gêiseres del Tatio com um veículo que não seja 4×4?

Não encontramos respostas para nenhuma destas perguntas. A maioria dos locais que conversávamos nos desaconselhava ir até os Gêiseres del Tatio sozinhos. Ao Salar de Tara nem pensar! Em nossa opinião, isto acontece por se tratar de uma cidade pequena e muitos moradores são ligados direta ou indiretamente com as agências de turismo. Assim, para eles, quanto maior for o número de clientes das agências melhor. Ou seja, toda esta desinformação e dúvida fazem parte da cultura da cidade.

É possível explorar todo o Deserto do Atacama de carro? Vamos às nossas experiências e aprendizados!

1Qual o melhor caminho para chegar (ou ir embora) do Deserto do Atacama?

Cada uma destas incríveis paisagens fazem parte de uma estrada diferente que dá acesso ao Deserto do Atacama, uma vez que existem três portas de entrada principais para chegar em San Pedro.

OPÇÃO 1, Panamericana. Para quem vai visitar o Atacama a partir do próprio Chile, seja do Sul ou do Norte do país, a principal rodovia que dá acesso a San Pedro é a Panamericana (Ruta 5).

Apesar desta estrada não passar na cidade, ela cruza as proximidades de Calama, que se localiza a cerca 100km a noroeste do Deserto e também é a porta de entrada para quem chega de avião. A estrada de Calama a San Pedro é asfaltada e está em ótimas condições.

Já para quem vem da Argentina, é possível escolher entre duas fronteiras para cruzar até o Chile: o Paso de Jama ou Paso de Sico. Nós já atravessamos esses dois pasos fronteiriços  e podemos afirmar que ambos os caminhos possuem seus pontos positivos e negativos.


OPÇÃO 2, Paso de Sico. Interliga Salta, na Argentina, à cidade de San Pedro. Este caminho é precioso, mas possui quase 300km de estradas de terra, principalmente após a cidade argentina de San Antonio de Los Cobres. Chegamos em San Pedro com o carro completamente empoeirado, por dentro e por fora, mas felizes da vida por ter dirigido em paisagens surreais e isoladas.

Cruzamos por altitudes extremas, a mais de 4.700 metros acima do nível do mar, e tivemos a oportunidade de atravessar o trilho do trem das nuvens, um dos caminhos ferroviários mais altos do mundo, ainda na Argentina, e passar bem ao lado do Salar de Águas Calientes, já no Chile, e presenciar um dos pores do sol mais lindos do Atacama.


OPÇÃO 3, Paso de Jama. É o caminho mais tradicional, movimentado e mais rápido. Esta fronteira interliga Pumamarca e San Salvador de Jujuy, na Argentina, à cidade de San Pedro. É também por este caminho que se cruza a fronteira a partir da Bolívia, por meio do Paso de Hito Cajón.

Para quem chega da Argentina, toda a estrada é asfalta e está em ótimas condições. Do lado argentino, você ainda vai passar por Salinas Grandes e pelas infinitas curvas da Cuesta del Lipán. Já do lado chileno, você cruza pelos incríveis Monjes de La Pacana, gigantes formações rochosas que fazem parte do Salar de Tara.

2Laguna Chaxa, Tebenquiche e Ojos del Salar

O acesso às lagunas Chaxa, Tebenquiche e Ojos del Salar é bem tranquilo. Possui alguns quilômetros em estrada de chão, mas estão em boas condições. No caminho para Toconao há uma saída à direita, indicando a Laguna Cejar. É por ali que se deve seguir.

Ao longo do trajeto existem placas indicativas dos locais. Inclua esses passeios à tarde, pois algumas atrações do Deserto devem ser visitadas pela manhã.

3Cordilheira de Sal, Vale da morte e Pukara de Quitor

O caminho para o Vale da morte e Cordilheira de Sal também é muito fácil. Basta seguir rumo à Calama e, assim que deixar San Pedro para trás, já verá uma placa indicando os lugares. Neste mesmo local pode se acessar a Pukara de Quitor, que segue por outra rota. Também são opções para curtir as tardes no Deserto.

4 Vale da Lua

O Vale da Lua é uma das atrações mais famosas do Deserto. A principal via de acesso é seguindo rumo à Calama e obedecer a sinalização. Visitar o local no pôr do sol é ideal, mas é o horário mais concorrido!

5Lagunas Miscanti e Miñiques

A vegetação de punas compõe o cenário das Lagunas Altiplânicas.

As Lagunas altiplânicas Miscanti e Miñiques estão a cerca de 120 km de San Pedro. É um longo caminho, mas vale muito o esforço. Deve seguir rumo à Toconao, Socaire e Paso de Sico. Este é um dos destinos mais bem sinalizados do Atacama e, por causa disto, um dos mais visitados pelos viajantes de carro.

Os últimos quilômetros em estrada de chão estão em mau estado, deve-se percorrê-los com bastante cautela, devido à quantidade de rochas fixas no caminho. Contudo, não é necessário veículos 4×4 para chegar até lá. Vá de manhã, pois a tarde, devido à altitude, o tempo pode virar e neva com frequência!

6Gêiseres del Tatio

A indescritível estrada para os Géiseres del Tatio.

Os Gêiseres del Tatio são uma das principais atrações do Atacama e, diariamente, inúmeras agências realizam o passeio, com saída às 5h da manhã. Inúmeras pessoas que conversamos nos desaconselharam ir de carro até Tatio. É verdade que o caminho é sinuoso, vagaroso, com muitas subidas íngremes, penhascos e o trajeto é feito antes do sol nascer. Porém, é super acessível, bem sinalizado, a estrada está em bom estado e não é necessário veículo 4×4 para chegar até lá.

Caso fique com qualquer receio recomendamos que, a partir das 4h40 da manhã, siga alguns quilômetros pelo caminho, pare o carro, contemple as estrelas e fique aguardando alguma van passar. Assim que uma cruzar o seu carro é só segui-la. Adotamos esta estratégia, por cautela, apesar de não ser necessária. Como medida de segurança, verifique com os Carabineros (polícia), na noite anterior, se a estrada está liberada. Por cruzar em altíssimas altitudes, costuma nevar muito por lá.

Quando isto acontece, a polícia habitualmente fecha a estrada ou não recomenda o percurso na manhã seguinte. Sem dúvida alguma, o melhor de se ir aos Gêiseres de carro é aproveitar, da forma como quiser, o caminho de volta. A estrada é espetacular! Aproveite cada minuto, pois será inesquecível. O fenômeno dos Gêiseres só acontece logo ao amanhecer, por isso é necessário sair de San Pedro antes das 5h da manhã.

7Salar de Tara

As paisagens surreais do Salar de Tara.

Indiscutivelmente, o lugar que todos não aconselhavam seguir de carro é o Salar de Tara. Alguns diziam que o caminho não tem sinalização, enquanto outros afirmavam que o risco de ficar atolado e se perder é muito grande. De fato, ficamos um pouco assustados com estas informações e decidimos não ir até Tara.

Contudo, por acaso, quando seguíamos de volta para a Argentina, pelo Paso de Jama (na altura do km 104 – 105), nos deparamos com os magníficos Monjes de la Pacana, que a partir da rodovia já podem ser visualizados. O Salar de Tara estava logo ali. Nem conseguíamos acreditar que havíamos desistido de encontrá-lo. Sabíamos que seguir pelo Paso de Jama levaria até lá, mas não desta forma.

Bom, mas um pouco do que ouvimos sobre o local é verdade. Quando se entra no parque (não é cobrado entrada) as estradas acabam e existem somente marcas de pneus sob a terra fofa do deserto. Seguindo estas marcas chegará em todos os cantos.

Contudo, é muito arriscado seguir em veículo que não seja 4×4.

Tivemos que usar a tração várias vezes, pois ficamos atolados em alguns lugares. Caso esteja em um carro não tracionado, a melhor alternativa é deixá-lo na entrada do parque e caminhar por entre os Monjes. Mesmo que não consiga chegar até o Salar a pé, a visita já valerá e muito a pena. Para nós, os Monjes são um dos cenários mais incríveis do deserto. Pela distância da cidade e altitude, é melhor fazer este passeio, também, pela manhã.

8Vulcão Lincancabur

O imponente vulcão Licancabur

Em nosso último dia pelo Atacama, decidimos nos aproximar o mais perto possível do impressionante Vulcão Licancabur. Estávamos a praticamente 4 mil metros de altitude, mas ainda bem longe de seus quase 6 mil metros.

Este imponente Vulcão fica na divisa com a Bolívia e você consegue acessá-lo no caminho para o Paso de Jama.

80 COMENTÁRIOS

    • Olá amigo, Douglas, tudo bem?
      É um prazer receber a sua mensagem no Terra Adentro! 🙂
      Então, nós já fizemos este trajeto de carro duas vezes.
      A distância de Santiago até San Pedro do Atacama é de aproximadamente 1.600 km, um percurso que pode ser realizado em dois dias.
      Uma boa alternativa é pernoitar em Copiapó, que fica exatamente na metade do caminho e tem uma boa estrutura de hotéis e restaurantes.
      A maior parte da viagem será pela Ruta 5, a Panamericana, que está em boas condições de tráfego.
      Aproveite demais do Atacama, Douglas! 🙂
      Um abraço dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  1. Nobres: estou planejando uma viagem mista ao atacama, carro-bike, e queria saber se vocês tem ideia de qual o suporte de bicicleta adequado à legislação argentina e chilena. Se souberem ou puderem dar ideias de onde conseguir a informação, agradeço.

    • Olá, amigo Felipe, tudo bem?
      É um imenso prazer receber a sua mensagem no Terra Adentro e conhecer um pouco desta fantástica expedição que está planejando.
      Então, infelizmente não sabemos praticamente nada a respeito deste assunto!
      Desculpe não poder ajudá-lo com esta informação.
      Tenha uma excelente viagem, Felipe! 🙂
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  2. Olá. Estou planejando uma viajem a SPA de moto. Minha maior dúvida é com relação as aduanas. Pretendo ir pela Argentina, então são duas aduanas, Argentina e chilena. Quais os documentos solicitados? Pra pessoa e pro veículo? Poderia me ajudar? Obrigado.

  3. Oie!! Que tranquilidade achar um post que me encorajou ainda mais a ir ao atacama de carro!
    Ufa!
    Vou agora em setembro e meu maior medo era a questao do carro, pois desde o inicio eu e meu namorado queríamos fazer os passeios por conta própria.
    Tenho uma duvida: vcs tinham sinal de internet por la? Qual chip usaram? E qual aplicativo para rota? Waze?
    Me conta um pouquinho mais sobre a questao do GPS, se foi utilizado pelos apps ou GPS do carro.

    Mto obrigada! E parabens pelo blog! Adorei

    • Olá, querida amiga Beatriz, tudo bem?
      É um imenso prazer receber o seu contato no Terra Adentro! 🙂
      Então, no Atacama não usamos qualquer tipo de internet móvel, somente os Wi-Fi de restaurantes e hotéis, que normalmente são bem fracos.
      Um bom aplicativo para se guiar no Deserto do Atacama é o Maps.Me, que tem muitas opções de passeios e roteiros bem mapeados.
      Usamos somente o Maps.Me no Atacama, pois achamos o aplicativo muito atualizado.
      Ótima viagem, Beatriz e aproveite muito o Atacama!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  4. Boa tarde,

    Em teoria, apenas o passeio à Salar de Tara não seria possível em um carro comum, correto?
    Me corrija e me informe quais passeios podem ser feitos com carros comuns sem maiores, problemas.

    Desde já, obrigado pelas dicas.

    • Olá amigo Mateus, tudo bem?
      É um prazer receber a sua mensagem no Terra Adentro! 🙂
      Realmente, de todos estes passeios citados em nosso post, o único que recomendamos ir com carro 4×4 é o Salar de Tara.
      Os demais destinos que citamos é possível seguir em carros convencionais.
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  5. Adorei as dicas de vocês! Eu e meu namorado chegaremos no Atacama dia 8 de agosto. Vamos de carro (um Citröen C3) e eu tinha muitas dúvidas sobre quais passeios poderíamos fazer com nosso carro e quais deveríamos ir com agências. Difícil achar essas informações e vocês auxiliaram muito!! Ficaremos 6 noites em San Pedro e depois iremos com agência para o Salar de Uyuni, retornando a San Pedro depois. Espero conseguir conhecer todos esses lugares incríveis! Valeu pelas dicas, pessoal!

    • Olá Sissi Holderried, tudo bem?
      É um imenso prazer recebermos a sua mensagem no Terra Adentro!
      Queremos desejar a vocês uma inesquecível viagem, em que cruzarão por uma das regiões mais bonitas do mundo, sem dúvida alguma!
      Aproveitem muito e depois nos contem como foi a experiência de vocês! 🙂
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

    • Olá amigo, Henrique Odi, tudo bem?
      Com relação ao Vulcão Licancabur, o ideal é fazer a visita pela manhã, pois a tarde o tempo costuma ser muito instável no entorno do vulcão, principalmente pelo fato de se localizar em altitudes muito elevadas! 🙂
      Ótima viagem, Henrique!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

    • Olá amigo Rodrigo Silva, tudo bem?
      É um prazer receber a sua mensagem no Terra Adentro!
      Então, as duas vezes que viajamos para o Atacama de carro fomos no verão, contudo, neste período que estivemos lá, conversamos com muitas pessoas sobre o inverno e a situação das estradas.
      Normalmente, as nevascas atingem somente as regiões mais altas, o que leva a polícia a fechar as estradas quando isto acontece.
      Penso que se informando bem sobre os lugares e avaliando a previsão do tempo, creio que não terá grandes problemas.
      Dentro do seu planejamento de quatro dias, sugiro que não deixe de conhecer os seguintes destinos: Salar de Tara, Lagunas altiplânicas, Piedras Rojas, Gêiseres del Tatio, Vale da Lua, Salar de Atacama e Cordilheira de Sal. Estes são destinos incríveis!
      Grande abraço dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

    • Olá amigo Aristeu Scalco, tudo bem?
      É um prazer receber a sua mensagem no Terra Adentro!
      Então, todos estes são caminhos totalmente diferentes, com paisagens e perspectivas completamente distintas.
      Creio que pela Argentina poderá encontrar estradas melhores, principalmente se cruzar pelo Paso de Jama, diferentemente da Bolívia, que tem paisagens espetaculares, mas as estradas não são tão boas, principalmente a conexão com o Atacama.
      Penso que a opção da Argentina é uma boa alternativa, com paisagens incríveis também e boas opções de estradas.
      Qualquer dúvida é só nos escrever, Aristeu!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  6. Boa tarde! Acompanho as postagens de vocês já a algum tempo, e agora em Julho estarei saindo de viagem para SPA, gostaria de mais informações sobre o Paso do Sico. Qual a maior distancia sem pontos com venda de gasolina? Como fica a questão de migração e aduana indo por este caminho?

    • Olá amigo Marlus Brigola, tudo bem?
      É um imenso prazer receber a sua mensagem no Terra Adentro!
      O Paso de Sico é um caminho incrível, mas com grandes desafios!
      Sobre a venda de diesel, a última bomba no lado argentino fica na cidade de San Antonio de los Cobres. Já no Chile, acredito que encontrará combustível somente em San Pedro do Atacama, 375 km depois. O ideal é abastecer bem em Salta e levar um tanque extra, se for possível, pois o posto de San Antonio de los Cobres é muito pequeno, com uma bomba somente.
      A fronteira nesta região é tranquila. Há umas pequenas casas onde realizará os trâmites de imigração e aduana.
      Qualquer dúvida é só nos escrever, Marlus!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  7. Que maravilha esse post de vocês, realmente da um ótimo norte para as pesquisas!
    Bem, li muita coisa, assisti muitos videos mas aqui vai uma duvida cruel.
    Estou organizando os passeios por dia, vamos com veiculo próprio 4×4
    É possível em 1 dia fazer a agenda abaixo?

    DIA 1
    MANHA: Lagunas Altiplanicas esticando ate Piedras Rojas
    INICO DA TARDE Salar de atacama
    16H: Vale da Morte e Vale da Lua ( Com por do sol)

    Pergunto porque o dia 2 estou deixando inteiro para Geiser del Tatio (saindo 4:30 manha).
    E o dia 3 também inteiro para Salar de Tara.
    Talvez algo do dia 1 possa compor com dias 2 e 3, mas realmente nao consegui descobrir sozinha.

    Muito muito obrigada pela ajuda!

    Ps* Sairemos de Curitiba até Foz do Iguaçu, pela PASO DE JAMA. .
    Maravilha se algum passeio encaixar já na nessa trajeto 🙂

    • Olá Fabíola, tudo bem?
      É um imenso prazer receber o seu contato no Terra Adentro!
      E que roteiro sensacional que você está planejando, pois o Atacama é, de fato, um lugar incrível! =)
      Em relação à sua agenda de visitas, penso que você poderia deixar da seguinte forma, à título de sugestão:
      Dia 1: Lagunas altiplânicas e Piedras Rojas
      Dia 2: Gêiseres del Tatio, Vale da morte e Vale da Lua (pôr do sol)
      Dia 3: Salar de Tara e Salar de Atacama
      No primeiro dia, penso que seria muito difícil fazer muito além destes dois destinos, por conta da distância que eles se encontram de San Pedro, sem falar do clima na altitude, que costuma piorar muito durante à tarde.
      No segundo dia, é totalmente possível aliar estes três destinos, pois, como os gêiseres são visitados (ideal) durante o amanhecer, penso que umas 9h/10h da manhã você já estará de volta à San Pedro, o que te dará ainda o dia todo para fazer o Vale da Morte e o Vale da Lua.
      Já no terceiro dia, o ideal é fazer o Salar de Tara no começo da manhã e deixar para tarde (ou até mesmo para o fim de tarde) o Salar de Atacama, com as Lagunas Chaxa (mais bonita) e Tebenquiche.
      Bom, espero ter ajudado em seu planejamento, Fabíola! =)
      Qualquer outra dúvida que surgir, não deixe de nos escrever!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  8. Olá, Henrique e Sabrina!

    Sairemos do RS na ultima semana de Julho, vamos a Sam Pedro, minha pergunta é quanto as Lagunas Miscanti e Miñiques tu comentaste que é tranquilo ir de carro de passeio, realmente possui placas de entrada as lagunas e é tranquilo ir? tenho um Sandeiro 1.6 !
    Chegaste a ir a Pedras Rojas que é relativamente próximo as lagunas? se sim como é o acesso ?

    Grande abraço e ótima viagem!

    Andrew Ambrosi.

    • Olá amigo Andrew Ambrosi, tudo bem?
      É um imenso prazer receber a sua mensagem no Terra Adentro e saber que vocês estão se preparando para uma viagem fantástica! =)
      O Atacama é sensacional, em especial as Lagunas altiplânicas Miscanti e Miñiques, que são impressionantes.
      O acesso às lagunas é bem sinalizado e os poucos quilômetros em estrada de chão estão razoavelmente bons, com algumas rochas e ressaltos, mas possível de ser cruzado por carros sem tração 4×4.
      Passamos em frente às Piedras Rojas quando cruzamos da Argentina para o Chile pelo Paso de Sico. Pra chegar até lá, você enfrentará uns 50 a 80 km de estradas de chão, mas que estão em boas condições.
      Saindo bem cedo de San Pedro, talvez seja possível casar os dois passeios no mesmo dia, voltando durante a tarde.
      Esperamos que faça uma viagem incrível, amigo Andrew!
      Grande abraço,
      Henrique e Sabrina.

    • Olá Andrew….quem sabe nos encontraremos por lá….Saio com a família dia 16 de Porto Alegre. Ficaremos 5 dias em cafayate e uma noite em susques. Ficaremos em San Pedro de 23 até 27.

      Abração!!

  9. Ola casal. Adorei o relato de vcs. estamos com passagens pra Santiago agora em junho mas nao queremos ficar na capital, queremos alugar um carro em santiago e ir ate o deserto do atacama. Porem nao queremos voltar de carro. queremos deixar o carro la e voltar de aviao para economizar tempo. O que vc acha desse ideia?
    Alem disso, vimos que o aluguel de um carro grande nao sai menos de 1000 reais. Ja um pequeno fica mais em conta. Vc recomenda um carro “basico” pra chegar ate o deserto e fazer os passeios por la?

    Desde de ja obrigada

    • Olá Ebla, tudo bem?
      É um imenso prazer receber o seu contato no Terra Adentro! =)
      Que viagem sensacional que vocês estão planejando para o Atacama!
      Então, de Santiago até o Atacama são praticamente 1.600 km de boas estradas, mas pouca coisa para se ver. Já fizemos este trajeto em dois dias, pernoitando a primeira noite em Copiapó. É um trajeto cansativo, apesar das boas estradas chilenas.
      Então, um carro grande não é necessário para fazer a maioria dos passeios no Deserto, mas em alguns destinos por lá, pode ser que te faça falta.
      Creio que a vantagem de um carro grande e com tração 4×4 é a segurança que dará pra vocês, além do conforto extra, principalmente quando andamos por estradas mais irregulares.
      Bom, qualquer dúvida que tiverem, não deixem de nos escrever!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  10. Olá casal, gostei muito do post e estou pensando em mudar os planos da nossa viagem que comeca depois de amanha. Estou pensando em pegar o carro so nos ultimos 3 dias e fazer dois passeios por conta propria. Só que te um porém, não temos gps, seria muito arriscado?

    • Olá Laís Lima, tudo bem?
      É um imenso prazer receber a sua mensagem no Terra Adentro!
      Que bacana que a sua viagem está chegando! Temos certeza que você ficará encantada pelo Atacama.
      Então, uma opção é você baixar o aplicativo de celular Maps.Me, que é um excelente aplicativo com rotas. Por meio dele, será possível chegar à maioria dos atrativos do Atacama, tranquilamente.
      Boa viagem e aproveite demais esta região incrível da América do Sul!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  11. Olá Pessoal!!
    Muito legal o site e o relato. Farei com minha esposa e filhas essa aventura de carro pelo atacama.
    Pelo visto somente os Geisers serão feitos com alguma agência de turismo.
    Em 2015 fizemos de carroPporto Alegre até Tilcara. Fomos tb humauaca, salinas grandes, purmamarca. Descemos até a capital de Catamarca.
    Em 2016 foi a vez de Mendoza, Santiago, Vina del Mar, San Juan, La Rioja e Catamarca de novo….
    Na primeira ida as filhas tinham 2 e 4 anos. Na segunda 3 e 5.
    Agora 4 e 6 heheheh
    O carro é um Kia/Cadenza…guerreiro e conhecedor da Puna Argentina…

    Um abraço!

    • Olá Fabian Dobrinsky, tudo bem?
      É um imenso prazer receber a sua mensagem no Terra Adentro e podermos conhecer um pouco de suas aventuras pela América do Sul! =)
      Sensacional todas estas viagens que fez de carro, levando toda a família para regiões incríveis!
      Parabéns por estas viagens inesquecíveis e pela coragem em desbravar nosso continente a bordo de um carro, que por sinal é muito valente!
      Boas viagens sempre, Fabian! =)
      O que precisar, saiba que sempre poderá contar conosco!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

      • Fabian,
        o passeio aos Geysers pode ser feito TRANQUILAMENTE por conta própria, mesmo.
        Eu e minha família quando fomos estávamos receosos por todos os comentários que lemos na internet antes de irmos. Entretanto, tomamos coragem e fomos por conta (nosso carro é um Sandero Stepway 2014). Foi tranquilo, ainda mais porque tínhamos GPS. Mas, se você apenas seguir as vans de turismo – que saem por volta das 5h da manhã de San Pedro- você chegará aos Geysers sem maiores problemas. A estrada tem algumas costeletas, mas nada que um veículo -mesmo que 4×2- não aguente. É bem sinalizada a estrada e é tranquilo para chegar, pode ir tranquilo.

        Se estiverem indo de Salta para San Pedro não deixem de ir pelo Paso Sico. Foi uma viagem cansativa, mas afirmo com certeza e é uma opinião da minha família: não existem paisagens mais lindas, mais impressionantes, mais gigantes, mais intensas no deserto do que o caminho de Salta até San Pedro pelo Paso Sico. São uns 500kms em umas 12 horas por um trajeto difícil -as vezes muito precário-, mas é incrível. Se forem pelo Paso Sico, não esqueçam de levar mantimentos, pois lugares para comprar comida e água são quase inexistentes.

        Qualquer coisa que eu possa ajudar, só responder aqui =)

        Abraço

        • Olá Matias, boa noite!!
          Que bom conversar com pessoas que compartilham e ajudam os outros, hehehe….de onde vcs são?
          Pois é…tb pensei em fazer isso, seguir alguma van. O Henrique e a Sabrina comentaram no blog, se não estou enganado.
          Sobre a estrada, em 2015 fomos para Humauaca, adiante de Tilcara e subimos um cerro chamado HORNOCAL, a 4400 MSNM. Estrada de rípio….Vocês conheceram? Ou oHenrique e a Sabrina foram???? A estrada para os Geisers é pior ou melhor?
          Sobre o local para cruzar ao Chile, eu e minha esposa lemos em um guia que o Paso de jama é mais conservado e mais seguro por ter a estrada melhor.
          Em 2015 quando fomos para Jujuy fomos até Salinas Grandes, subindo a encosta Del Lipan, muito linda.
          O paso Sico é mais bonito??? A estrada é asfaltada até San Pedro???
          Nós vamos sair de Cafayate, passaremos por San Antonio de los Cobres. Daí é caminho, porém vamos dormir em Susques…estou com muita vontade de passar um friozinho nesse povoado, hehhe, dessa forma o paso de jama é mais adequado. Porém podemos voltar do Chile pelo paso Sico, vou pensar a respeito agora….
          Outra coisa, de Cachi para los cobres pode se ir pela Ruta 40 e passar por Abra del Acay, a 4900 metros. Vi que essa estrada é perigosa, será que é possível esse caminho?

          Matias, muito obrigado pela atenção….Um abração 🙂

  12. Boa tarde! Estou pesquisando sobre o Atacama pois pretendo ir pra lá em maio. Vocês sentiram muito os efeitos da altitude? Em todos os passeios, ou só nos mais altos? Na vila de San Pedro podemos sentir mal estar de altitude?

    • Olá Flávia,tudo bem?
      É um imenso prazer receber a sua mensagem no Terra Adentro.
      Que bacana a viagem que está planejando! Temos certeza que ficará encantada pelo Atacama!
      Então, sobre o mal da altitude, ou chamado de efeito Soroche, ele normalmente ocorre acima dos 2.500 metros de altitude, sendo que a cidade de San Pedro está a 2.300 metros. É normal se sentir um pouco zonzo por lá, com a cabeça girando, mas possivelmente não se sentirá tão mal na cidade.
      Contudo, quando for realizar os passeios, é melhor se preparar e levar um pouco de chá de coca, balas de coca e até mesmo a folha de coca, caso esteja se sentindo muito mal. Mascar a folha te dará um alívio imediato nas dores de cabeça e no estômago.
      A grande maioria dos passeios no Atacama vai com destino a regiões de grandes altitudes, acima dos 4.300 metros.
      Andando sempre com estas medicações alternativas, temos certeza que conseguirá aproveitar muito os passeios.
      Qualquer dúvida é só nos escrever, Flávia!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  13. Olá galera, ontem vi vcs no vale de lá Luana aqui no Atacama, queria ter ido falar com vcs, porém já estávamos saindo com o grupo no caminhão da grado 10. Graças a vcs tomei coragem e vim de carro para o Chile, sai de Rondônia atravessamos o Peru até o Chile, agora estamos voltando de volta para a casa. Obrigado pelas dicas no site. Abraços

    • Fala Enrico, tudo bem?
      Que imenso prazer receber o seu contato e saber desta história tão incrível! =) Nossa, ficamos muito felizes quando lemos a sua mensagem e imaginando a probabilidade disto se repetir novamente algum dia! Que grande coincidência, amigo!
      Que pena que não pudemos nos conhecer pessoalmente, mas temos certeza que algum dia nos encontraremos pelas estradas e destinos deste mundo afora!
      Saibam que sempre poderão contar com nosso apoio e incentivo! E temos certeza que esta foi apenas a primeira de inúmeras aventuras que farão de carro pelo mundo!
      Bom retorno para casa!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  14. Olá! Quero dizer que o seu site esclareceu muita coisa que eu não achava em outros sites sobre o deserto do Atacama.
    Eu, minha namorada e meus pais estaremos indo a SPA em fevereiro, saindo de Porto Alegre.
    Minhas dúvidas foram muito esclarecidas aqui, entretanto há uma ainda que creio que seja a maior de toda a viagem.
    Vamos dormir em Salta no terceiro dia de viagem, e de lá pretendemos ir até SPA. Temos duas opções de trajetos: o Paso de Sico (passa pelas Lagunas Altiplanicas e então não seria necessário voltar de SPA até as lagunas posteriormente) ou o Paso de Jama, que pelo o que pesquisei é uma estrada mais segura, entretanto com maior quilometragem e com uma passagem mais demorada na alfândega.
    Vocês poderiam me ajudar sobre qual trajeto escolher partindo de Salta até SPA? Paso de Sico ou Paso de Jama?
    Desde já agradeço e parabéns pelo site!
    Att,
    Matias Rodrigues

    • Olá Matias, tudo bem?
      Que bom receber o seu contato no Terra Adentro e saber que estas informações estão ajudando no seu planejamento.
      Que bacana a viagem que vocês irão realizar! Tenho certeza que vocês curtirão demais o Atacama!
      Então, quando nós fomos, decidimos cruzar pelo Paso de Jama. A estrada é belíssima, tem muitas curvas, mas é bem pavimentada. No caminho de Salta para San Pedro, você pode aproveitar para conhecer os Monjes de la Pacana, que ficam poucos quilômetros depois do paso, já dentro do Chile! Assim, você não precisará voltar para conhecê-los posteriormente.
      No caso da fronteira, o Paso de Jama tem mais movimento, assim acaba demorando um pouco mais, contudo nada que atrapalhe seu planejamento.
      Esperamos ter ajudado no planejamento de vocês, Matias. O que mais precisarem podem contar com nosso apoio.
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

    • Oi! Também sou de porto alegre e também pretendo ir! Poderia me dar dicas de roteiros de como fizeram e onde se hospedaram em cada parada?
      Achei os preços dos passeios bem altos mas agências e acho que iríamos alugar um carro por lá mas também temos medo de nos perder no caminho.
      Obrigada!

      • Olá Mônica, tudo bem?
        É um imenso prazer receber a sua mensagem no Terra Adentro! =)
        Então, no caso do Atacama, a melhor opção é se hospedar em San Pedro do Atacama e usar a cidade como base para os passeios.
        Praticamente em todos as atrações do Atacama, é possível ir e voltar no memo dia.
        Creio que, com um bom GPS, é possível chegar por conta própria em praticamente todos os atrativos. Grande parte deles é bem sinalizada e tem um bom fluxo de vans e carros.
        Qualquer dúvida é só nos escrever, Mônica!
        Abraços dos amigos,
        Henrique e Sabrina.

      • Oi Mônica!
        Você deseja chegar em quantos dias em SPA? Você vai de carro? Qual modelo?
        Posso te passar o roteiro completo. Eu e minha família nos hospedamos quase que só com o Airbnb. Se você deseja o roteiro, ou uma melhor explicação, pode me passar seu face que mando mais detalhes =)
        Fomos de carro, mas pelo seu comentário parece que você não vai assim.

          • Olá Matias, posso ser metida e te pedir o roteiro também? Nós estamos pensando em fazer a Rota Salta à São Pedro de Atacama de carro em fim de dezembro inicio de janeiro/18.
            Ainda não sei se é possível fazer esta rota neste período do ano em carro comum (4×2).
            Também estamos planejando pegar hospedagem pelo Airbnb.
            Meu Face: Aline Louise de Oliveira.

            Muito Obrigada!!

  15. Muito bom o post! Exatamente o que eu procurava 🙂
    Uma pergunta, tem que pagar para entrar nestes locais e se sim, quanto?
    Obrigado desde já e parabéns de novo!

    • Olá Pedro, tudo bem?
      Muito obrigado pelo contato no Terra Adentro!
      Pelo que eu me lembre, somente no Salar de Tara, no vale da morte e nos ojos del salar é que não são cobradas as entradas. Nos demais é cobrada a entrada, mas os valores não são muito altos!
      Obrigado pela companhia em nossa viagem, Pedro!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  16. Muito legal seu blog…. no momento estamos visitando o Atacama de carro e realmente a desinformação aqui é grande… estamos fazendo todos os lugares de carro é só falta os géiser que vamos amanhã 13/10/16…. o salar de tara realmente é complicado e como estamos com um cara 4×2 caímos em um areial e atolamos…. quase 2 horas cavando pra tentar tirar o carro de la é só saímos com ajuda de um outro veículo que passava por lá….. tudo aqui vale muito a pena… abraços

    • Olá Família Rizzi, tudo bem?
      Que ótimo receber o contato de vocês no Terra Adentro! Ficamos muito felizes que tenham gostado de nosso site e que estão curtindo muito o Atacama!
      Realmente, é impressionante como a população da cidade é desinformada sobre os destinos! Parece que é algo até intencional, como forma de aquecer a economia local.
      Nossa, que aventura no Salar de Tara!! Ainda bem que conseguiram esta ajuda providencial! Quando fomos ao Salar, atolamos diversas vezes e escapamos por pouco! =)
      Esperamos que o passeio tenha sido inesquecível!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  17. Bom dia, Gostaria de tirar algumas dúvidas com vocês!
    Primeiro, gostaria de dizer que os Posts de vocês esclarecem e deixam mais tranquilos todos que tem como destino o Atacama!!
    Bom, vamos as dúvidas. Pretendo sair de SC/Brasil de carro com destino ao Atacama e Salar de Uyuni na Bolívia, gostaria de saber uma média de dias que eu precisaria para fazer este trajeto com calma.
    Referente aos postos de gasolina, este trajeto necessita abastecer sempre que possível para não correr o risco de ficar na estrada?
    Referente ao caminho. Necessita de um motorista experiente? em decorrência de caminhos difíceis?
    Quantos dias seriam necessários em cada destino??

    • Olá William, tudo bem?
      É um prazer receber o seu contato no Terra Adentro.
      Obrigado por nos acompanhar sempre! Teremos o maior prazer em ajudá-lo no que for possível.
      Bom, para fazer o trajeto do Atacama e Uyuni com tempo para aproveitar, penso que ideal seja algo entre 17 a 20 dias. O Atacama, especialmente, penso que 3 a 5 dias são necessárias para conhecer um pouco da região, já que a maior parte das atrações são bem distantes umas das outras. No Salar de Uyuni, algo como 2 a 3 dias é o suficiente.
      É sempre bom abastecer quando ver algum posto, já que é comum andar centenas de quilômetros e não encontrar um posto sequer. Além de sempre faltar combustível, já que são regiões de difícil acesso.
      Pela nossa experiência, penso que é importante algum motorista experiente, já que as estradas, ainda que bem conservadas, costumam ser perigosas em certos trechos, principalmente quando se cruza a Cordilheira dos Andes.
      Bom, William, o que precisar pode contar sempre conosco. Será um prazer poder ajudá-lo nesta grande viagem!
      Abraços dos amigos, Henrique e Sabrina.

  18. Hola Personas!!!
    Amei a prontificação de vcs em ajudar!!!
    Estamos partindo em setembro para San Pedro, e ficaremos apenas dois dias. Nas nossas pesquisas, os passeios estão muito caros através das agências, então decidimos alugar um carro básico em Calama e fazer os 1ookm. Li sobre a falta de combustível que pode ocorrer em alguns dias.
    Poderia opinar se vale a pena seguir esse plano? O que deixaríamos de fazer ficando apenas com o aluguel do carro? O valor do litro em San Pedro, vcs lembram?
    Agradeço no que puder ajudar!

    • Olá Emily, tudo bem?
      Que bom receber as suas dúvidas no Terra Adentro.
      Acho que vocês escolheram a melhor opção! Com o carro, poderão ter uma grande autonomia e liberdade no deserto, além de gastarem muito menos. Como ficarão somente dois dias, terão atrações de sobra para conhecer com o carro, mesmo não sendo um 4×4. Por exemplo, Vale da Lua, Vale da morte, Gêiseres del Tatio, Lagunas Altiplânicas, Lagunas Chaxa e Tebenquiche, Ojos del Salar são acessíveis sem veículos 4×4.
      Um lugar que ficarão sem conhecer é o Salar de Tara, mas da estrada (Paso de Jama) poderão contemplar os Monjes de La Pacana. De qualquer forma, como ficarão poucos dias, penso que talvez não consigam cumprir todos estes lugares, pois alguns ficam bem distantes.
      Atualmente, o litro da gasolina no Chile está em torno de R$3,70 (em reais). Acredito que pagarão um pouco mais em San Pedro.
      Bom, Emily, o que precisarem podem contar sempre conosco.
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  19. Adorei o post de vcs, ano que vem irei a São Pedro de Atacama, meu receio é se posso ir de carro popular ao Vulcão Licancabur. Abraços Claudia

    • Obrigada por acompanhar o Terra Adentro, Cláudia. O caminho que leva às proximidades do Licancabur, de onde podemos vê-lo, é asfaltado. Saindo de San Pedro em direção ao Paso de Jama. Porém não sabemos como estão as condições da estrada que levam à sua base. Abraços, Henrique e Sabrina

  20. Olá.
    O que me preocupa é o combustível. Iremos de 4×4 à gasolina(6km/l na cidade e 10 km/l na estrada). Como são os postos? Alguma dificuldade ? Principalmente entre Resistência e Salta(+-800 Km). Penso em levar de 20l a 40l de reserva.
    No caso de vocês é diesel, mas saberiam dizer sobre a gasolina?
    O nosso roteiro vai de Uruguaiana/Resistência/Salta/San Pedro de Atacama. Retornamos quase pelo mesmo caminho.
    E como vocês estiveram em Ushuaia, como é por esse caminho o combustível?
    Abraço e sempre uma boa viagem para vocês.

    • Olá, Ronaldo! Tudo bem? É um prazer receber seu comentário no Terra Adentro.
      Bom, na região de Resistência a Salta, provavelmente não terá problemas com a disponibilidade de gasolina, pois é uma região mais habitada. De qualquer forma, é sempre bom levar um galão reserva, ainda que seja de 20l.
      Em San Pedro do Atacama é bom encher o tanque sempre que possível, pois só existe um posto de combustíveis na cidade. Assim, pode ocorrer de o posto vender além da previsão e o combustível vir a faltar por alguns dias.
      Para Ushuaia, a realidade é outra. Os postos são bem distantes uns dos outros (chega-se a rodar mais de 500km sem encontrar um posto sequer) e frequentemente estão desabastecidos. Quando viajar para lá, é bom levar uma reserva e abastecer sempre que possível.
      O que precisar pode contar sempre conosco.
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  21. Olá Henrique e Sabrina, eu e meu marido estamos indo para San Pedro do Atacama, agora em julho, ficaremos 8 dias, e alugamos um 4×4 em Calama. Lendo seu post, fiquei muito mais tranquila em fazer os passeios em carro proprio. Uma duvida: como se organizaram com lanche? Compraram em mercado ou o hotel providenciou? E o chá de coca? Gratidão.

    • Olá Claudia, tudo bem? Que bom receber o seu contato!
      Nossa, que viagem fantástica que vocês farão!
      No geral, os acessos às principais atrações são fáceis, com algumas exceções, como o Salar de Tara e os Gêiseres del Tatio, que requer atenção redobrada na estrada.
      Pois, então, o ideal seria vocês comprarem algumas provisões em Calama, pois o mercado em San Pedro é bem mais caro e possui poucas variedades. Tivemos que providenciar todos os lanches para estes passeios por conta própria. Quanto ao chá de coca, em San Pedro encontrará com facilidade o chá, seja nas lojinhas de produtos naturais ou nos próprios mercados. Uma outra opção é comprar a bala de coca (similar às balas de café que vendem no Brasil). Achamos que elas fizeram um bom efeito e nos ajudaram muito a superar os males que a altitude nos causavam frequentemente.
      Bom, Claudia, esperamos que vocês façam uma ótima viagem e aproveitem muito de um dos lugares mais incríveis do mundo!
      O que precisarem podem contar sempre conosco.
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  22. Olá queridos aventureiros, estou indo para o Chile no dia 17 de Junho, irei de aviao até Antofagasta e terei 12 dias para chegar até Osorno. Pretendo passar de 3 tres a quatro dias na regiao do Atacama. Além dos passeios tradicionais, quero ir até antofagasta de la sierra ,SALAR DE POCITOS, Salar de HOMBRE MUERTOS e aproveitar para dar uma esticadinha para Salar de Uyuni na Bolivia, que fica cerca de 500 km. Voces fizeram algum desses passeios? Tem ideia de condição de estradas? Estamos alugando um Hyundai Accent, acha que aguenta?

    • Olá Angélica, tudo bem?
      É um prazer receber seu contato no Terra Adentro!
      Que bacana que já está de viagem marcada para o Atacama e arredores. Toda a região é belíssima e surpreendente!
      Pois, então, como ficamos somente 3 dias no Atacama, não tivemos a oportunidade de conhecer estes outros destinos, como o Salar de Pocitos e de Hombre Muertos. Pela experiência que tivemos, penso que terá dificuldades com o Hyundai Accent em certos destinos, por não se tratar de um 4×4. Por exemplo, será impossível chegar ao Salar de Tara com este carro, pois a areia do caminho é muito fofa. No caminho para a Bolívia, passando pelo Parque Eduardo Avaroa, também encontrará dificuldades, mas acredito que chegue ao Salar de Uyuni.
      Caso não consiga informações confiáveis sobre estes outros destinos, penso que o mais indicado seria você alugar um 4×4, seja uma caminhonete ou um utilitário. Desta forma, ficará mais segura para fazer estas aventuras por conta própria.
      Bom, o que pudermos ajudar, pode contar sempre conosco.
      Te desejamos uma ótima viagem, Angélica!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  23. Primeiramente Parabéns pelo site que ficou muito bom! Da vontade de viajar e é muito util!

    Minha Namorada e eu estaremos indo para San pedro no final de ano. Algumas pessoas dizem que para os geysers del tatio é melhor reservar com agencia. Vocês indicam que da para fazer com carro proprio. Nosso carro é um fiesta rocam 1.6 e estou na duvida. Sabe me dizer como é a estrada?

    Obrigado

    • Olá, tudo bem? É um enorme prazer pra nós receber a sua dúvida e de sua namorada! Tentaremos ajudá-los da melhor forma possível! Pois, então, para os Gêiseres del Tatio não precisa de carro 4×4 nem caminhonete, como muitos falam. A estrada, normalmente, está em ótimas condições, porém é muito sinuosa e repleta de abismos, o que pede atenção mais do que redobrada. Indo tranquilamente, sem pressa, até mesmo porque o horário ideal de saída é lá pelas 5h da manhã, acredito que não terão nenhum problema. No mais, podem contar sempre conosco! Abraços, Henrique e Sabrina.

      • Bom dia Henrique e Sabrina,

        Muito obrigado pela resposta. A estrada é estreita ou é bastante larga? O que me preocupa são justamente os abismos, sobre tudo se for muito estreita.

        • Olá Faio! Bom, a estrada não é muito larga, mas cabem 2 carros emparelhados. Se estiver com algum receio, recomendo o seguinte: Vá para o começo da estrada por volta das 4h40 da manhã. Assim que passar a primeira van de turismo, vocês passam a seguí-la. Desta forma, acredito que irão com mais tranquilidade e segurança. O que precisar conte sempre conosco. Abraços.

  24. Olá, tudo bem? Sou Rosa e gostaria de algumas dicas e até esclarecimentos, pois eu e meu namorado tivemos muita vontade em fazer este passeio do Atacama e Patagônia, porem temos apenas 02 meses para definirmos tudo já que conseguimos poucos dias de férias agora para Novembro. Ficaria muito agradecida se vocês pudessem me ajudar. Já fui à Patagônia, porém pela Argentina, perito Moreno, El Calafate, etc. Posso pontuar minhas dúvidas? Devo ir para qual Aeroporto para ir primeiro ao Atacama? É possível alugar carro lá? É necessário ter com antecedência permissão para dirigir? Depois consigo visitar a Patagônia direto de lá, ou devo comprar vôos para outro aeroporto de acesso? Os hotéis são acessíveis? Desculpe-me pelo abuso, mas gosto de ter dicas e opiniões de quem já teve a experiências, pois geralmente as agências fazem formatos caros e pequenos. Temos 12 dias para estes 02 sonhos. Agradeço qualquer informação. Um abraço, Rosa.

    • Olá Rosa, tudo bem e você? Primeiramente, queremos agradecê-la por participar conosco do Terra Adentro e compartilhar suas dúvidas! Ajudaremos no que precisar, será um grande prazer! Bom, então vamos às respostas para as suas perguntas: Para ir ao Atacama, você deve ir para o aeroporto de Calama, que fica a cerca de 100 km de San Pedro. De lá, você pode alugar um carro, sem problema algum, ou pegar alguma condução (táxi, ônibus e etc.) até San Pedro. Como o Chile não faz parte do Mercosul, achamos interessante você providenciar a Carteira internacional de motorista, apesar de não ter sido solicitada em todos os momentos que estivemos no país. Caso você dê entrada com as papeladas esta semana, a carteira chegará a tempo em sua casa, sem dúvida alguma. Com relação à Patagônia, você está pensando em visitar a Patagônia Chilena ou Argentina? Nós que agradecemos, Rosa! Conte conosco sempre! Abraços, Henrique e Sabrina.

      • Henrique e Sabrina, estou muito agradecida pela informação. Este Aeroporto em Calama é El Loa? Acha possível nós sairmos do Rio e ir direto para Calama, alugar o carro e ficar 05 dias e depois voara para Patagônia Chilena? Queremos visitar a Patagônia Chilena, pois já conhecemos Argentina. Qual hotel posso ficar em Atacama, ou lá se consegue lugar para ficar? Hoje já iremos providenciar a permissão para dirigir (meu namorado) e já vamos pesquisar os vôos. Agradecemos demais pelas dicas, não só dicas e sim praticamente um roteiro, pois detestamos fazer tudo com agências e ficamos totalmente presos. Então continuaremos com mais perguntas (desculpe-nos pelo abuso). Posso voar depois de Calama para que Aeroporto com intuito de visitar a Patagônia Chilena? Tem algum nome de hotel para ficar na Patagônia? Tentarei nesta semana já comprar os vôos e ver hotéis, pois assim só nos preocupamos com as despesas locais e detalhes. Mais uma vez nosso muito obrigada. Rosa.

        • Olá Rosa! Fique à vontade para esclarecer suas dúvidas! Ajudaremos no que for possível, pode contar conosco sempre! Bom, o aeroporto de Calama é, sim, o El Loa! Acredito que é totalmente possível, principalmente se vocês alugarem o carro em Calama! Nós ficamos 4 noites e 3 dias no Atacama e conseguimos conhecer grande parte dos lugares. Quando for, dê preferência pelos Gêiseres del Tatio e Lagunas Altiplânicas pela manhã, pois, por serem regiões de grande altitude, o tempo costuma ser mais imprevisível na parte da tarde e noite. No Atacama, ficamos no Hostal Belen, uma boa pousada à uns 800 metros das ruas principais de San Pedro. Na Patagônia Chilena, o lugar que mais recomendamos é o Parque Torres del Paine. Vocês podem pegar um voo para a cidade de Punta Arenas, lá alugam um carro e seguem para Puerto Natales, onde podem se hospedar e conhecer o Parque. Torres del Paine é sensacional! Se forem para Torres del Paine, recomendamos os dois hotéis que ficamos, que são o Café Melissa e o Hotel Reymar. Bom, Rosa, espero ter ajudado a sanar um pouco de suas dúvidas. Pode contar sempre conosco! Abraços, Henrique e Sabrina.

  25. Parabéns pelo post! Estamos indo ao deserto com nossa filha de 10 anos em abril e nossa base será San Pedro de Atacama e gostaríamos da opinião de vcs sobre quais os passeios que poderíamos fazer de carro e quais vcs recomendam no nosso caso contratar agências e dicas de sobrevivência no deserto.. Obrigada Denise

    • Olá Denise, tudo bem? É um prazer ter a sua participação no Terra Adentro. Pois, então, a maioria das atrações do deserto são bem acessíveis de carro, mesmo que não tenham tração 4×4, como as lagunas chaxa, tebenquiche, lagunas altiplânicas Miñiques e Miscanti e os Gêiseres del tatio. Se o carro não for 4×4, só não recomendamos o Salar de Tara e os Monjes de la Pacana, pois não existem estradas demarcadas para estes lugares, somente marcas de pneus na terra fofa do deserto. É preciso usar constantemente o 4×4 nestes lugares. Neste caso, recomendamos que contrate as agências, pois fará um passeio mais seguro com sua família. Não perca também o pôr-do-sol no Vale da Lua e os Gêiseres del tatio. O caminho para os gêiseres é espetacular! Andem sempre com alguns kits de alimentação dentro do carro (muita água e lanches) e o chá de coca, pois a altitude incomoda bastante, principalmente nos gêiseres e nas lagunas Miscanti e Miñiques. No mais, pode ir tranquila que vocês aproveitarão muito o Atacama! A região é simplesmente indescritível! Abraços, Henrique e Sabrina.

    • Denise !! Essa viagem ficará para sempre na lembrança da sua filha !! estivemos em São Pedro em janeiro com nossos filhos de 9 e 7 anos !! Curtiram muiiito !!

      Concordo com Sabrina e Henrique, tenha sempre um kit alimentação e agua !! Boa viagem !! bjus!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here