Nossa passagem pelo Deserto do Atacama terminou de uma forma que não esperávamos. Isto, não porque tenhamos nos arrependido de algo, mas sim porque não imaginávamos o que nos aguardava a uns 50 km do Paso de Jama. Os inacreditáveis Monjes de la Pacana, formações rochosas que mais se parecem fruto do trabalho humano, como se diversas rochas tivessem sido empilhadas, umas em cima das outras, mas, incrivelmente, são oriundas de fenômenos naturais. O cenário é simplesmente extraterrestre!

Deserto do Atacama (288)
Os inacreditáveis Monjes de la Pacana

Cruzamos o Paso de Jama e já estávamos de volta à Argentina. Demoramos cerca de 1h30 para processar os trâmites, mas tudo transcorreu normalmente. Os policiais argentinos, que estavam vasculhando os carros de cima em baixo (possivelmente por causa da proximidade com a fronteira Boliviana), ficaram impressionados com nossa viagem, os lugares que já havíamos visitado e os que ainda iríamos visitar, fizeram-nos inúmeras perguntas e, por fim, até se esqueceram de fiscalizar nosso carro!

Os altiplanos argentinos, com predominância da vegetação “La Puna”, são magníficos também, assim como os de seu vizinho, Chile. São menos turísticos, o que deixa a região ainda mais atraente. Neste caminho, cruzamos com os famosos cactos gigantes, altitudes superiores aos 4.800 metros, estradas rodeadas de penhascos (como a Cuesta del Lipán), Salinas Grandes e as belíssimas montanhas multicoloridas de Purmamarca, como o Cerro de los Siete Colores. Sem dúvida alguma, este foi um dos trajetos mais fantásticos de toda a viagem. Programe para cruzá-lo com tempo e descarregue seu cartão de memória, pois a cada curva será impossível não parar para contemplar as paisagens e registrar cada momento.

IMG_6541
As montanhas multicoloridas de Purmamarca

8 COMENTÁRIOS

    • Olá Alexandre, tudo bem?! Obrigado pela participação no Terra Adentro. Realmente, quando passamos pela Ruta 16, a rodovia estava em condições precárias. Muitos buracos e alguns trechos já praticamente em estrada de chão. Mas, viajando com cuidado, dá pra vencer estes obstáculos e chegar ao fim sem furar algum pneu. O que precisar conte sempre conosco. Será um prazer ajudá-lo. Abraços, Henrique e Sabrina.

  1. Realmente é um cenário de tirar o fôlego, paisagens exuberantes, um deserto místico, rodeado de belezas. Pretendemos retornar um dia, porque não conseguimos ver tudo. abraços e continuação de uma ótima viagem. Vocês vão retornar pela Ruta 16 ou Ruta 81?.

    • Olá Wolfgang!! Muito obrigado por participar conosco no Terra Adentro! Realmente, são paisagens espetaculares, um lugar para conhecer e retornar mais vezes! Quando retornamos, viemos pela ruta 16, cortando a região dos pampas e de Corrientes! Uma bela estrada também para cruzar. Grande abraço dos amigos overlanders, Henrique e Sabrina.

    • Olá Amarros! Realmente, curtimos muito as terras do deserto e de Purmamarca, mas já estamos pensando em voltar! A atmosfera é fantástica! Obrigado por participar conosco do Terra Adentro. Abraços, Henrique e Sabrina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here