1. Serviços públicos funcionam bem

Terra Adentro

Por todos os lugares que passamos do Chile tivemos esta sensação. Seja na capital, Santiago, ou nas terras remotas da região de Magalhães, os serviços públicos prestados à comunidade, como a limpeza urbana, transporte coletivo, educação, segurança e saúde nos deixaram uma ótima impressão. Conversando com os locais, eles também nos relataram o respeito maior dos políticos chilenos para com o dinheiro dos contribuintes. Uma grande lição para os nossos políticos!

  1. Estradas bem pavimentadas

Terra Adentro

Quantas vezes você já furou o seu pneu nos buracos que têm aos montes nas estradas brasileiras? Pois bem, no Chile, é raridade encontrar qualquer buraco nas rodovias, mesmo aquelas localizadas nas regiões mais inabitadas do país. Basta trafegar por estradas chilenas para constatar a grossura impressionante da manta asfáltica que é pavimentada. Um trabalho que é planejado para durar longos anos, sem necessidade de manutenção.

  1. País muito seguro para visitar

Terra Adentro

Um dos pontos que mais nos impressionaram pelo Chile foi a segurança. Caminhar com objetos de valor nas calçadas, deixar as janelas abertas durante a noite e não se preocupar com o carro estacionado na rua são alguns comportamentos normais pelo país. Durante toda a nossa estada, seja na região de Puerto Natales, na capital Santiago ou nas terras áridas do deserto, sempre nos sentimos muito seguros, mesmo nas vezes que nos perdemos tarde da noite à procura de alojamentos ou lanchonetes.

  1. Os chilenos não são tão comunicativos
    Terra Adentro

Comparativamente a outros países da América do Sul, os chilenos são menos comunicativos e um pouco mais tímidos do que outros povos. Por estarem geograficamente mais distantes do Brasil que os argentinos, paraguaios e uruguaios, eles têm mais dificuldade de entender o nosso “portunhol”, o que torna a comunicação um pouco mais difícil que nestes outros países fronteiriços.

  1. Comida mais próxima à brasileira

Terra Adentro

Pelo fato de os chilenos terem herdado muitas características dos povos indígenas, a comida local é mais agradável e diversificada para os nossos paladares do que os lomitos e as milanesas de sempre dos argentinos.

 

  1. Vivem em constante estado de alerta
    Terra Adentro

De fato, os chilenos vivem constantemente em estado de alerta. Os moradores de cidades litorâneas enfrentam o risco de maremotos, na região sul o risco advém das erupções vulcânicas, enquanto no centro-norte do país e regiões da Cordilheira dos Andes, o temor é com os terremotos. Por outro lado, isto os torna muito preparados para quaisquer catástrofes da natureza.

  1. Polícia séria e correta

Terra Adentro

Os Carabineros de Chile, como são conhecidos os policias locais, têm a fama de serem muito corretos e honestos. Todas as vezes que fomos abordados ou paramos para pedir informações aos Carabineros, eles nos trataram de forma bem seca e fria, mas sempre foram muito corretos.

 

  1. Cultura de confiança e sustentabilidade

    Terra Adentro

Percebemos que no país impera uma forte cultura de confiança e honestidade. Coisas que, para nós brasileiros, parecem absurdas são absolutamente normais aos olhos dos chilenos. Deixar o carro aberto, enquanto vai à uma padaria ou supermercado, não guardá-lo na garagem, ou até mesmo deixar os seus pertences na calçada, enquanto compra um remédio na farmácia, são alguns comportamentos normais no Chile. Além disso, nossos vizinhos são bastante preocupados e conscientes quando se trata do meio ambiente. Ao longo do país, observamos diversas práticas sustentáveis, como não embalar nada em sacolas plásticas (se não tiver sua sacola reciclável, você é obrigado a sair do mercado equilibrando as compras nas mãos) e também o uso corrente de energias renováveis.

  1. País preparado para o turismo

Terra Adentro

Visitar qualquer ponto turístico, parque nacional ou qualquer atração cultural no Chile é uma tarefa fácil. Por todos os lados, existem pessoas prontas para fornecer informações aos visitantes e instruí-los. Mesmo se você visitar os lugares mais remotos e menos convencionais, possivelmente encontrará alguma estrutura para o turismo.

  1. Território inabitado
    Terra Adentro

Ficamos impressionados o quanto o território chileno é inabitado. Ao passo que, de poucos em poucos quilômetros, cruzamos cidadezinhas ou vilarejos no Brasil, por lá se pode andar centenas de quilômetros e não ver qualquer sinal de colonização. Para quem busca aventura e liberdade, as regiões da Terra do Fogo chilena, Magalhães e Atacama são pratos cheios.

12 COMENTÁRIOS

    • Olá Camila!! Realmente, o Chile é um país sensacional, com uma cultura muito rica e peculiar! Temos certeza que se encantará pelo país! Boas viagens sempre.
      Abraços,
      Henrique e Sabrina.

    • Olá Eduardo, tudo bem?
      É um prazer receber o seu contato no Terra Adentro! Que bacana que irão para uma maratona no Atacama!! Que baita desafio, hein! Espero que dê tudo certo e aproveitem bastante, pois o Chile é um país fantástico.
      Abraços,
      Henrique e Sabrina.

  1. Que viagem Legal Henrique e Sabrina!! Parabéns!! Me diga uma coisa, com relação as Fiscalizações policiais, vcs tiveram algum problema? Por exemplo, os carabineiros alegando ilegalidade e solicitando $$$??

    • Fala Felipe!! Tudo bem? Ficamos muito felizes com sua participação e comentário no Terra Adentro. Será um prazer poder contribuir com as dúvidas que tiver. Pois, então, fomos parados em barreiras policiais dezenas de vezes na Argentina e Chile. Contudo, somente uma vez, na região de Daireaux, província de Buenos Aires, fomos abordados por um policial muito malicioso. Ele fiscalizou o carro todo em busca de algum motivo para nos pedir uma propina. Até que, de tanto fuçar, percebeu que estávamos sem o adesivo de 110km/h colado na traseira da caminhonte. Ele começou nos pedindo 500 pesos, mas nós dois fingíamos que não entendíamos o que ele estava nos pedindo. Ele começou a se irritar, por não atendermos a solicitação dele. Foi quando me lembrei que tínhamos alguns pequenos sacos de café do Brasil na traseira do carro. Fui lá e busquei dois saquinhos e dei a ele de presente. Ele ficou satisfeito e nos deixou ir embora. Nas demais paradas, sempre nos perguntavam de onde vinhamos e para onde íamos, mas nunca nos pediram propina. É bom estar sempre preparado. Uma lembrancinha do Brasil, como um café por exemplo, pode ser uma boa alternativa. O que precisar conte conosco. Grande abraço dos amigos, Henrique e Sabrina.

  2. Uau, enfim, um país que dará gosto de visitar nas próximas férias, principalmente, no quesito segurança. Bom saber desses detalhes que fazem muitas diferença na hora de escolher o destino.

    • Olá Valéria!! Realmente, o Chile é um país muito seguro e agradável de se visitar! Temos certeza que você aproveitará muito deste país encantador!! Muito obrigado por participar no Terra Adentro! Grande abraço, Henrique e Sabrina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here