O nosso carro para a Volta ao Mundo é um Land Rover Defender 110, ano 2003 e motor TDI

A escolha do carro foi uma das etapas mais difíceis de todo o planejamento da viagem. São inúmeras variáveis e dúvidas envolvidas nesta decisão tão importante. Levamos meses para chegarmos a uma conclusão final. Lembro que estávamos sentados em casa, discutindo o projeto, refazendo contas, quando uma voz soou suavemente: –“Vamos de Defender 110. Precisamos de algo mais?” era a Sabrina, que sutilmente apontava um caminho. Aqueles segundos que se passaram, entre a dúvida e a certeza, foram uma eternidade, mas sabíamos que tínhamos feito a escolha certa.

Compramos nossa Defender com um pouco mais de 163 mil quilômetros rodados. Confessamos que foi paixão à primeira vista. Fomos a Belo Horizonte para conhecê-la em uma terça-feira de abril e o restante do mês não conseguimos mais dormir pensando nela! Regressamos no mês seguinte para fecharmos a compra. Por pouco não perdemos a nossa companheira para outros interessados. Mas, sabíamos que o seu destino estava selado: rodar todo o mundo em nossa companhia e ver com os próprios olhos as belezas de nosso planeta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here