Investir em uma casa sobre rodas pode te dar muito liberdade para viajar pelo mundo. Ter o seu espaço, o seu cantinho, mesmo estando fora de sua cidade natal por muito tempo, é um conforto e tanto para sua viagem.

Ainda que sua casa sobre rodas seja pequenina, simples e apertadinha, ela será o seu ponto de referência aonde estiver. Toda e qualquer estrutura que montar em seu carro deverá ser tratada como um investimento e não uma despesa, pois, ao longo de sua viagem, será completamente possível usar a sua casa sobre rodas como uma forma de economizar e reduzir o seu orçamento. Assim, investir agora é uma forma de gastar menos futuramente, especialmente quando as suas fontes de renda serão menores e mais voláteis.

Foi pensando nisto que decidimos investir em nossa casa sobre rodas, tornando-a auto-suficiente na geração de energia e no armazenamento de água. Quanto menos precisarmos parar em postos de combustíveis, campings e hotéis, menor será o nosso orçamento diário. Desta forma, teremos um retorno de nosso investimento em pouco tempo e uma viagem mais sustentável do ponto de vista financeiro.

Então, quanto foi o nosso investimento em nossa casa sobre rodas?

  • Projeto interno, elétrico e hidráulico: R$30mil
  • Acessórios da casa: R$5mil
  • Acessórios do carro: R$5mil

O projeto interno contempla os móveis, a nossa cama e o teto móvel semi pop-up. O projeto elétrico é constituído de duas baterias estacionárias, que são alimentadas por 2 painéis solares e pela carga proveniente do alternador do carro. Já o hidráulico é composto por 3 caixas d’água, duas bombas d’água, um pré-filtro e um filtro de quatro estágios da Acqualive.

Os acessórios de nossa casa contemplam os nossos eletrodomésticos e utensílios, enquanto os acessórios do carro são os itens off-road, como o guincho elétrico, o macaco hi-lift, o snorkel, o galão de combustível extra e algumas ferramentas.

 

É necessário realizar todo este investimento em meu carro?

Dentro do investimento que fizemos, é totalmente possível enxugar alguns custos e chegar em um projeto mais barato, que atenda as suas necessidades. Em nosso caso, como viajaremos para lugares remotos e extremos, optamos por ter o máximo de autonomia possível, para passarmos semanas isolados se for necessário.

Caso a sua ideia seja passar por lugares mais estruturados e urbanos, muito do que investimos pode ser desnecessário. Por um valor como R$20.000,00 a R$25.000,00, é possível montar uma casa sobre rodas estruturada e com certo conforto.

O mais importante é que este projeto atenda às suas necessidades e seu estilo de viagem. Qualquer economia nesta etapa pode ser um valor precioso na estrada, enquanto qualquer investimento nesta fase pode resultar em uma viagem mais confortável e barata.

Quer conhecer um pouco mais da nossa casa sobre rodas? Clique aqui e saiba mais sobre o nosso projeto.

9 COMENTÁRIOS

  1. Olá, casal overlander.
    Estive com vocês no Adventure Fair, e assisti à sua apresentação do projeto.
    Todo ano, durante uns dois meses, faço viagem meio overlander, de carro. Rodei a maior parte das Américas nessa modalidade.
    Estou me preparando para uma viagem parecida com a de vocês, com prazo máximo de quatro anos.
    A princípio procurei um veículo como o seu, mas estou pensando em uma van, que oferece maior espaço interno, com prejuízo nas opções de terreno a trafegar.
    Eu gostaria de saber sobre sua impressão sobre os dois principais utensílios: geladeira e fogão.
    Concordo que, sobre a opção por fogão a gás, pesa a despadronização dos containers e conexões. Há algum contra ao fogão bi combustível que vocês utilizam?
    Quanto ao refrigerador, Apesar de o seu apresentar-se mais acessível por ser vertical, a abertura da porta leva a um escoamento instantâneo do frio. Já um refrigerador com tampa, além de ser portátil, oferece pouco escoamento do frio, que ficaria contido por gravidade. O contra é que o acesso é ruim. Que vocês acham?
    Tudo de bom para vocês.

    • Olá Lourenço, tudo bem?
      É um imenso prazer receber o seu contato e saber que estivemos juntos na Adventure Sports Fair!
      Como o tempo passa rápido!! =) Mas que bom que você já está na fase decisiva do planejamento! Realmente, a escolha e a adaptação do carro é a fase mais incerta e repleta de dúvidas!
      Então, vamos às suas dúvidas. Bom, sobre o fogão, penso que o modelo a gasolina da coleman é uma boa opção, mas não necessariamente a única. Penso que as principais desvantagens dele são a manutenção, pois sempre dá algum entupimento e o cheiro de gasolina que sempre vaza dentro do carro. Entretanto, é um fogão funcional e que te atenderá sempre que precisar dele.
      Quanto ao refrigerador, optamos pela abertura frontal da porta unicamente por conta de nossa espaço, já que não seria possível abrir a porta da geladeira para cima. De qualquer forma, estamos muito satisfeitos com nossa geladeira! Ela é fantástica e não trocaria por nenhuma outra.
      Bom, Lourenço, espero ter ajudado nas respostas! Qualquer outra dúvida que surgir, pode contar sempre com nosso apoio e colaboração!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

    • Olá Carolina, tudo bem?
      É um prazer receber o seu contato no Terra Adentro!
      Então, a grande maioria dos dias que dormimos na Patagônia foram dentro do carro, pois o vento incomoda muito durante a noite. Em alguns lugares, tentamos montar a barraca, mas não foi possível, pois parecia que iria voar junto com o vento.
      Acredito que para dormir de barraca tranquilamente na Patagônia precisará encontrar um camping ou um local com grande proteção contra o vento.
      Contudo, isto varia muito de lugar pra lugar e estação para estação. É possível pegar dias com ventos mais calmos ou dias com ventos extremamente agitados no mesmo lugar.
      Qualquer dúvida conte sempre com nosso apoio, Carolina!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  2. Bom dia amigos. Quando disseram sobre o investimento no carro, imaginei milhões hehehehe. Pensei praticamente impossível pensar sobre o assunto um dia. Até que não foi tão caro assim igual imaginava. Gostei demais bem completo. Desejo a vcs uma td de bom uma excelente viagem aventura e td mais. Que DEUS abençoe os passos de vcs com muita saúde paz e grandes conquistas. Abraçãoooo e se cuidem.

    • Olá Bráulio, tudo bem?
      É um prazer receber a sua mensagem no Terra Adentro!
      Realmente, não gastamos milhões na construção do carro (rsrs), apesar de existirem casas sobre rodas muito mais caras do que apartamentos e casas de frente pro mar! =)
      Como estamos viajando o mundo com o carro, tentamos criar algumas estruturas que nos dessem mais liberdade e autonomia no dia-dia. Contudo, se a ideia é viajar somente pela América do Sul ou pelo Brasil, penso que seria possível fazer um projeto com um custo bem menor do que o nosso caso!
      Nós que agradecemos demais pela sua companhia nesta longa jornada pelo mundo, Bráulio!
      Esperamos manter contato sempre!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  3. Adorei, achei bem completo e como referiram, preparada para lugares extremos! Confesso que quando entrei no blog para ler esperava até um valor mais alto 😀

    Continuem vivendo e documentando tudo, um abraço da Tailândia.

    • Olá Joni Oliveira, tudo bem?
      É um prazer receber o seu contato no Terra Adentro.
      Tentamos fazer o projeto o mais enxuto possível, pois nosso orçamento está bem apertado. O mais importante é que preparamos o carro para as mais diversas situações, o que nos ajudará e muito a manter o nosso orçamento sob controle na estrada!
      Boa viagem!
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here