Chegar ao fim do mundo, ou ao começo dele, se pensarmos a ordem do planeta terra ao contrário, é um sonho que sempre fez a cabeça de milhares de pessoas, especialmente daqueles que vivem “no mundo da lua”.

Canal de Beagle

 

Não que o fim do mundo fosse igual aos nossos sonhos de criança, repletos de “monstros”, tormentas, violentas tempestades e completamente isolado da civilização. Neste caso, talvez o fim do mundo esteja na Antártida ou no Pólo Norte, as duas regiões mais inóspitas da terra. Contudo, em Ushuaia e Puerto Willians (um pequeno vilarejo chileno ainda mais austral do que a famosa cidade argentina), sem dúvida alguma, encontra-se o fim da ocupação humana na terra. Nenhum lugar mais ao sul possui uma colônia fixa de terráqueos.

E é por isto que estas cidades, especialmente a mais conhecida e desenvolvida delas, Ushuaia, despertam tanto fascínio mundo afora.

Em nossa preparação para a Volta ao Mundo de carro, quando definimos que o nome de nossa viagem seria Expedição Extremos, não tínhamos como deixar de dar um destaque especial para a cidade mais austral do mundo. Alcançá-la a bordo do Mochileiro, nossa Land Rover Defender, seria uma conquista e tanto para os próximos objetivos que teremos pelo mundo.

E assim começou a saga em busca do primeiro grande “extremo” de nossa viagem! Cada quilômetro que percorríamos da Ruta 3 argentina, uma das mais famosas estradas do mundo, já era uma conquista em busca de um objetivo maior. Foram 10 dias de estrada para rodar os mais de três mil quilômetros da Ruta 3, enfrentando tempestades, ventanias descomunais e a completa aridez da Patagônia, até atingirmos a cidade do fim do mundo.

A nossa chegada em Ushuaia foi tão comemorada quanto o dia de nossa partida! Era o primeiro importante objetivo alcançado de muitos que virão pela frente.

Nossa chegada em Ushuaia

 

Ushuaia está longe de ser o lugar onde “Judas perdeu as botas”. A cidade cresceu, se desenvolveu e o turismo se massificou. Não que isto tire a beleza da cidade e da região, mas a faz perder um pouco do encanto de “fim do mundo”.

O turismo é hoje, sem dúvida alguma, o motor da economia de Ushuaia. Por causa disso, os preços de passeios e pacotes turísticos estão completamente inflacionados. Um simples passeio de barco pode te custar algumas centenas de reais e por ai vai. A alternativa para quem viaja com orçamento mais enxuto, é optar pelos destinos gratuitos e mais baratos pela região. Dentre eles, o nosso preferido é a Laguna Esmeralda.

A caminhada de 10 quilômetros por entre bosques, montanhas nevadas e rios caudalosos é simplesmente indescritível.

Sem falar na laguna em si, que é um lugar “de outro mundo”, ou melhor “do fim do mundo”. Ficamos o dia todo na Laguna, curtindo o visual, apreciando a natureza e repensando a nossa perspectiva sobre a vida.

A Laguna Esmeralda

 

Outros destinos imperdíveis (e baratos) em Ushuaia é o Museu e Presídio, onde, no começo do século XX, presos de todo o país fizeram parte de um dos capítulos mais intensos da história argentina. Por mais que o presídio possuísse muros, a inóspita natureza ao redor se encarregava de mantê-los dentro das grades.

Além do presídio, o Parque Tierra del Fuego é outro destino belíssimo de Ushuaia. Contemplar os seus inúmeros lagos, bosques e cruzar os últimos quilômetros da estrada mais austral do mundo são sensações indescritíveis. Tão indescritíveis quanto o Canal de Beagle, um porção de mar com tantas histórias quanto for possível. Por lá, cruzaram importantes expedições de uma época longínqua, capitaneadas pelo destemido Robert Fitz Roy e pelo naturalista Charles Darwin. Assim, atingir a cidade mais austral do mundo nos faz revisitar uma época de grandes aventuras e heróis desconhecidos.

Deixamos Ushuaia para trás com um sentimento profundo de uma importante conquista. Para nós, o fim do mundo foi apenas o começo de uma longa jornada, o primeiro extremo de um mundo de contrastes.

 

Assista ao vídeo que fizemos em Ushuaia e inscreva-se em nosso canal:

 

Dicas para quem vai visitar Ushuaia

  • Mesmo no verão, leve roupa de frio bem pesadas, pois pode fazer bastante frio durante o dia ou à noite.
  • Leve sempre uma roupa impermeável, pois chove ou neva frequentemente em Ushuaia.
  • A entrada na Laguna Esmeralda é gratuita. A trilha tem o total de 10km e o ideal é separar 4 horas para fazer todo o trajeto, ida e volta.
  • Existem opções baratas de alimentação em Ushuaia. Basta caminhar um pouco mais para baixo da Calle San Martin, a avenida principal da cidade, que encontrará boas alternativas.
  • Um bom lugar para fotografar a cidade de frente com as montanhas ao fundo é nas proximidades do aeroporto e no porto de iates.
  • Um bom lugar para fotografar o Canal de Beagle é nas proximidades do porto da cidade. De lá, terá uma vista panorâmica do canal.
  • Os passeios de barco são bem caros e, no verão, partem em torno das 16h rumo aos destinos programados.
  • No entorno de Ushuaia existem pequenas colônias de Pinguins de Magalhães e lobos-marinhos. Contudo, se for de carro, aproveite para conhecer estes lindos animais na Península Valdés, em Punta Tombo ou no Parque Monte León, onde se encontram colônias maiores destas espécies.
  • É no Parque Tierra del Fuego que se encontra o fim da Ruta 3, no caminho para a Bahía Lapataia.
  • Vale muito a pena visitar o Museu e o Presídio. São destinos imperdíveis.
  • É de Ushuaia que partem a maioria dos cruzeiros rumo à Antártida.

4 COMENTÁRIOS

  1. Em janeiro conheci Ushuaia, me apaxonei pir esse lugar, fui nos museus, no parque, fiz o passeio no canal beagle, mas não pude conhecer a laguna Esmeralda porque estava grávida e no início da gestação ai me desaconselheram, uma pena, pelas fotos e vídeos é o lugar mais imperdível de Ushuaia. A cidade é cara mesmo, mais vale a pena, quero voltar em julho no inverno um dia. Sucesso para vocês em suas viagens!!

    • Olá querida amiga Daniela, tudo bem?
      Que grande prazer receber a sua mensagem no Terra Adentro! 🙂
      Nossa, realmente Ushuaia é imperdível, uma das cidades mais encantadoras da América do Sul!
      Um lugar que merece muito um retorno, pois é quase impossível conhecer tudo de uma só vez!
      Esperamos que consiga voltar em breve ao fim do mundo.
      Grande abraço dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

  2. Já me tornei um fã de vocês! Um dia eu e a minha família, faremos uma grande viagem assim! Estarei orando por vocês, pra uqe cada dia da viagem seja com segurança!

    • Olá Wellyandrey, tudo bem?
      Ficamos muito felizes em receber a sua mensagem no Terra Adentro!
      Não sabemos como agradecer pelas palavras e pelo carinho que tem por nós!
      Esperamos viajar juntos e desbravar intensamente as belezas e riquezas naturais deste mundo!
      Muito obrigado pela companhia, Wellyandrey! =)
      Abraços dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here