A Argentina é um país abençoado por sua natureza tão rica e intocada. País que abriga as maiores áreas da Patagônia, a Argentina atrai visitantes do mundo inteiro por conta de sua natureza selvagem e diversificada.

De sul a norte, desde as terras geladas de Ushuaia até as terras extremamente áridas de San Antonio de los Cobres, a Argentina nos encanta todos os dias e desperta grandes paixões.

Confira a lista que fizemos com os 11 motivos para conhecer este país tão incrível.

1Terra da Patagônia

Os Elefantes-marinhos são um dos animais mais incríveis que habitam as terras da Patagônia.

Considerada uma das áreas mais selvagens do mundo, a Patagônia é um verdadeiro paraíso natural. Sua fauna e flora características e o seu silêncio singular, tornam esta região perfeita para aqueles viajantes que desejam se desligar do mundo ou entrarem em contato direto com a natureza selvagem.

2País bem seguro

Turistas contemplando tranquilamente o Canal de Beagle.

A Argentina, no geral, é um país seguro para se viajar. Especialmente na Patagônia, a segurança em todas as cidades é reforçada e dificilmente percebemos qualquer movimento estranho. Fazer um Wild Camping na Patagônia, ou simplesmente dormir nas ruas de Ushuaia, Río Grande e Puerto Madryn é mais seguro do que imaginávamos.

3As carnes são as especialidades da culinária argentina

Se você é um amante de carnes, tenha certeza que estará indo para o país certo.

Se uma coisa os argentinos podem se gabar na cozinha é na preparação das carnes. Considerado um dos produtores de carnes mais macias e seletas do mundo, o país não possui uma culinária muito diversificada, contudo as carnes servidas nos jantares são de primeira qualidade.

4Os argentinos são muito simpáticos

Este foi um grande amigo argentino que fizemos e, tempos depois, fomos conhecer o seu local de trabalho.

Se existe um mito no Brasil que é completamente inverídico, é que os argentinos não gostam de brasileiros. Felizmente, a rivalidade do futebol nada interfere na forma carinhosa que os argentinos recebem os brasileiros. Pelo contrário, sempre que falamos que somos do Brasil, eles abrem um belo sorriso e, assim, tudo fica mais fácil.

5Península Valdés

As terras incríveis da Península Valdés.

Terra que encantou até mesmo Charles Darwin, a Península Valdés é o símbolo da Patagônia argentina. Extremamente árida, a península, por outro lado, abriga uma das maiores diversidades de fauna da Patagônia.

Se encante com os pinguins de Magalhães, leões e lobos-marinhos e as baleias-franca-austral e as Orcas, que utilizam as baías da península para se reproduzirem.

Leia mais sobre a Península Valdés aqui.

6Ruta 3

De um lado a Ruta 3 e, do outro, o Lago Fagnano.

Considerada a principal rota pelo lado leste do país, a Ruta 3 é uma estrada que desperta paixões. Com seus mais de 3 mil quilômetros, entre Buenos Aires e Ushuaia, a Ruta 3 possui retas de centenas de quilômetros, cruza belíssimas regiões da Patagônia e é a única via de ligação com a cidade do fim do mundo.

7Ushuaia, o fim do mundo

A belíssima Laguna Esmeralda, em Ushuaia.

Conhecida no mundo todo como a cidade do fim do mundo, Ushuaia é uma terra fantástica. Rodeada por uma cadeia de montanhas nevadas, a cidade é a porta de entrada para a Antártida e guarda paisagens cênicas ao seu redor. Seja no Parque Tierra del Fuego, no Canal de Beagle ou na Laguna Esmeralda, prepare-se para se encantar por uma das regiões mais lindas e místicas da Patagônia.

Leia mais sobre Ushuaia aqui.

8Ruta 40

Fim de tarde na Ruta 40.

Considerada uma das estradas mais míticas do mundo, a Ruta 40 é o símbolo da Argentina. Estrada esta que corta o país pelo oeste, de sul a norte, a Ruta 40 cruza por regiões magníficas, como o Campo de Gelo Sul, e as famosas Quebradas geológicas do norte do país. Sem dúvida alguma, uma das estradas mais completas e surreais da América do Sul.

9Campo de Gelo Sul

O Campo de Gelo Sul, em El Calafate, na Argentina

Considerado o terceiro maior campo de gelo do mundo, o Campo de Gelo Sul é uma imensidão de gelo de mais 800 quilômetros quadrados. E é na cidade de El Calafate que se localiza um dos melhores pontos para explorá-lo.

Leia mais sobre o Campo de Gelo Sul aqui.

10El Chaltén

O belíssimo Lago del Desierto, em El Chaltén.

Considerada a capital do trekking da América do Sul, El Chaltén é uma pequenina cidade aos pés do incrível e imponente Cerro Fitz Roy. Tido como um dos picos mais difíceis para se escalar no mundo, o Fitz Roy pode ser avistado a centenas de quilômetros de distância.

Mesmo que você não seja um escalador profissional, a região guarda inúmeras trilhas fantásticas e que levam a diversos pontos de vista para esta montanha.

11Paso de San Francisco

Mochileiro em frente às lindas Punas, vegetação típica dos altiplanos andinos.

Se você busca uma boa aventura na Argentina, agora você encontrou o caminho certo. O Paso Fronteiriço conhecido como Paso de San Francisco, é uma estrada que interliga as cidades de Copiapó, no Chile, à Fiambalá, na Argentina.

Cruzando por altitudes acima dos 4.800 metros, o Paso de San Francisco é uma das regiões mais belas e intocadas dos altiplanos andinos.

Cruzar esta estrada requer um bom planejamento e muita cautela, mas tenha certeza que a recompensa será inesquecível.

Leia mais sobre o Paso de San Francisco aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here