Você se lembra dos nostálgicos filmes de faroeste dos anos 60 e 70?

Quando o pano de fundo era sempre uma cidade abandonada no velho oeste americano? É, as cidades abandonadas não são privilégios exclusivos do velho oeste! Que diga a cidade abandonada de Santiago de Humberstone, no extremo norte do Chile, a poucos quilômetros da cidade portuária de Iquique.

A cidade abandonada de Santiago de Humberstone.

Alçada à Patrimônio Mundial pela Unesco em 2005, Humberstone conta a história de um passado glorioso de uma das mais prósperas cidades chilenas no fim do século XIX e começo do século XX.

Fundada em 1872, Humberstone era o símbolo da adaptação humana às condições inóspitas da natureza. Situada no meio do deserto mais seco do mundo, Humberstone foi a maior produtora mundial de Salitre, um produto base que, antigamente, era usado para a fabricação de explosivos.

O auge de Humberstone se deu durante a primeira guerra mundial, quando a cidade prosperava pela exportação do Salitre que ia direto para os campos de batalha. Sua população ultrapassava os 4 mil habitantes, que viviam exclusivamente desta atividade.

A situação começou a mudar a partir da grande depressão, em 1929, e quando um produto sintético à base de amônia se tornou um forte substituto para o Salitre. A companhia salitreira da cidade perseverou até 1958, quando fechou as portas. Os moradores, completamente perdidos pela falta de trabalho, começaram a deixar a cidade, que, 1960, foi completamente abandonada.

Muitas coisas foram deixadas para trás, da mesma forma como estavam quando a cidade ainda era habitada. A escassez de chuvas e o clima extremamente árido contribuíram fortemente para a conservação das casas, móveis, ferramentas e até brinquedos que foram deixados para trás.

Humberstone é um verdadeiro museu a céu aberto. A imensa maioria das casas, fábricas, oficinas, consultórios médicos e odontológicos, hospital e até o teatro da cidade estão com as portas abertas até hoje. Sem dúvida alguma, Humberstone é um lugar de interação com a história sem comparativos no mundo.

Podemos entrar em praticamente todas as construções, tocar os móveis, as ferramentas, as máquinas e sentir como a vida local se movia durante os anos dourados do Salitre.

Em muitos quartos das antigas casas, as camas continuam intactas, com os mesmos lençóis, travesseiros e cobertas. A decoração permanece a mesma, com diversos quadros espalhados e objetos de porcelana, que eram trazidas da Europa. Os brinquedos mostram as peculiaridades de gerações que nunca presenciaram a tecnologia ou a massificação de produtos infantis.

Ao passo que caminhamos ao lado da história, sentimos um clima de muito mistério ao adentrarmos em cômodos completamente escuros ou com a luz por entre as frestas das portas e janelas. É inegável dizer que Humberstone encanta também por ser uma cidade assustadora.

O banheiro de uma das antigas casas de Humberstone.

A cada passo que damos nas antigas casas, escutamos o rangido aterrorizante dos assoalhos, das portas e das janelas. O vento que sopra nos telhados produzem ruídos de filmes de terror e sentimos a todo momento que estamos sendo observados, mesmo não estando.

Os antigos brinquedos das crianças parecem que inspiraram dezenas de filmes de terror nas décadas seguintes. Palhaços sorridentes, triciclos e bonecas de cera nos fazem sentir um arrepio pelo corpo todo, principalmente quando nos vemos sozinhos olhando para eles.

Por sinal, Humberstone é um destino pouquíssimo conhecido e visitado, até mesmo por conta de sua localização. Quando você for visitá-la, pode ter certeza que estará completamente sozinho na imensa maioria das construções que entrar. Nada mal para sentir a atmosfera de suspense que a cidade nos proporciona.

É difícil cruzar com visitantes em Humberstone. Se prepare para explorar a cidade abandonada sozinho!

Em toda a América do Sul, será uma grande surpresa caso exista uma cidade abandonada mais bem conservada do que Humberstone. Suas construções são de impressionar qualquer um, pela magnitude e imponência, como a Igreja e o Teatro da cidade.

O caminho até Humberstone não é fácil, mas a recompensa é indescritível. Se for possível, visite Humberstone algum dia e prepare-se para fazer parte dos livros de história de uma das cidades mais prósperas do Chile e da América do Sul.

A incrível cidade abandonada de Santiago de Humberstone.

Dicas para quem vai visitar a cidade abandonada de Santiago de Humberstone

  • O acesso mais fácil à Humberstone se dá pela Ruta 5 chilena, a famosa Ruta Panamericana.
  • A cidade base para se hospedar é Iquique, que fica a cerca de 50 quilômetros da cidade abandonada.
  • Reserve pelo menos 3 a 4 horas para conhecer Humberstone, pois são centenas de construções que poderá adentrar.
  • Normalmente, Humberstone recebe pouquíssimos visitantes por dia. Possivelmente, em quase todas as construções você estará sozinho.
  • Leve protetor solar, pois o sol é implacável na região.
  • As construções mais preservadas são a Igreja e o Teatro da antiga cidade.
  • Para contratar guias, terá que fechar um pacote com alguma agência de Iquique, já que os mesmos não ficam em Humberstone.
  • No entanto, uma visita guiada não é tão importante na cidade abandonada, já que a maioria dos edifícios possui placas informativas.
  • É bom levar lanches e água.
  • Prepare-se para adentrar em um verdadeiro filme de terror. É impressionante a atmosfera aterrorizante de Humberstone.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here