Os nossos dias no Equador terminaram e estávamos a caminho do sexto país de nossa Volta ao Mundo de carro, a Colômbia.

A principal fronteira entre o Equador e a Colômbia, que interliga as cidades de Tulcán à Ipiales é uma verdadeira confusão.

Carros, caminhões, vendedores e cambistas se misturam em meio ao pequeno espaço que separa os dois países. Demoramos mais de três horas pra finalizar todos os trâmites, já que para entrar definitivamente na Colômbia a Imigração exige a cópia de vários documentos, inclusive do carimbo do país no passaporte.

Encontramos uma copiadora ao lado da fronteira e depois de muita fila, finalmente, estávamos ingressando na Colômbia. Nosso primeiro destino era a cidade de Ipiales, mais propriamente a Igreja de Las Lajas.

A natureza incrível que cerca a Igreja de Las Lajas.

Como o dia já escurecia, decidimos passar a noite em Ipiales e seguir para a Igreja no dia seguinte. Aproveitamos que algumas lojas ainda estavam abertas e adquirimos o SOAT, o seguro obrigatório para trafegar de carro na Colômbia.

A manhã começou cedo para nós. Ajeitamos o Mochileiro, fizemos umas compras de mantimentos no centro de Ipiales e partimos rumo à Igreja.

Pouco conhecíamos sobre o Santuário de Nuestra Señora de Las Lajas, mas seguíamos com grande expectativa. Do alto da estrada, ainda há alguns quilômetros da Igreja, tivemos a primeira vista do Santuário, nos mostrando o que nos esperava lá embaixo.

A primeira vista que tivemos do Santuário de Las Lajas.

O Santuário de Las Lajas, construído bem no meio do Cânion do Rio Guaitara, é uma verdadeira obra-prima Religiosa. Construída na rocha, a Igreja é uma das obras mais incríveis e surreais que já tivemos a oportunidade de conhecer.

A ponte que interliga os dois lados do cânion, e serve como passarela para o Santuário, nos permite circular por uma área imensa e ter a vista sob diversos ângulos da Igreja. 

Considerada a Aparecida do Norte colombiana, a história da Igreja de Las Lajas teve início no século XVIII, quando duas indígenas (a mãe e a filha) encontraram a imagem de Nossa Senhora do Rosário próximo às margens do rio e, segundo conta a história, a imagem emitiu uma intensa luz.

Desde então, quando a história foi confirmada pela comunidade eclesiástica, na metade do século XVIII, a região se tornou um local de intensa peregrinação e com relatos de incríveis milagres intercedidos por Nossa Senhora do Rosário de Las Lajas.

Tivemos a oportunidade visitar o Santuário no sábado e a Igreja estava repleta de fiéis e peregrinos.

As mais de três horas que passamos na Igreja foram inesquecíveis e plenamente emocionantes. Ao final da manhã, nos despedimos de Las Lajas e de Nossa Senhora do Rosário, preenchidos de uma intensa energia e abençoados para seguir viagem por terras colombianas.

Dicas para quem vai visitar a Igreja de Las Lajas

  • Ao contrário do que muitos pensam, a cidade grande mais próxima à Igreja é a capital do Equador, Quito. Bogotá e Medellín são muito distantes de Las Lajas.
  • A cidade base para visitar a Igreja é Ipiales, que fica somente a 10km da fronteira com o Equador.
  • Não é necessário separar muito tempo para fazer a visita. Uma manhã ou uma tarde já são ideais para conhecer tudo com calma.
  • O pôr-do-Sol na Igreja é lindo. Se puder, não vá embora antes do Sol.
  • Confira a previsão do tempo antes de ir, pois chove bastante em algumas épocas do ano na região, especialmente de outubro a março.
  • Caminhe por lugares diferentes para fazer fotos com os melhores ângulos da Igreja.
  • A cidade de Ipiales tem bons hotéis a preços baixos, mas a única atração mesmo é a Igreja de Las Lajas.
  • Se você não estiver de carro, uma boa opção é ir de táxi, partindo de Ipiales. Fica bem baratinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here