Uma das preocupações mais recorrentes dos viajantes de carro é sobre o Seguro Obrigatório de seus veículos.

Cada país tem as suas exigências, mas praticamente todos eles nos obrigam a comprar o tal seguro. O Equador, por outro lado, é uma exceção. Foi o único país que cruzamos na América do Sul que não exige o Seguro Obrigatório.

Você pode atravessar a fronteira e seguir tranquilamente pelo país, que nenhum documento desta ordem lhe será exigido.

Já na Colômbia, diferentemente do Equador, é exigido que veículos estrangeiros portem o Seguro Obrigatório, também denominado de SOAT, assim como no Peru. Contudo, há uma distância muito grande entre o seguro ser obrigatório e ele ser solicitado pela polícia. E este foi o caso da Colômbia.

O mais inusitado foi que, em todas as abordagens policiais que tivemos no país, em nenhuma delas os oficiais nos solicitaram o SOAT.

Ainda assim, sempre estávamos com ele em mãos, na esperança de que algum policial fosse pedí-lo à qualquer momento.

Para comprar o SOAT, você não precisará de muito esforço. O nosso foi adquirido em uma corretora de seguros na cidade de Ipiales, assim que cruzamos a fronteira com o Equador. Em várias partes do país, você encontrará inúmeras placas indicando a venda do SOAT, o que lhe dará uma boa gama de opções.

De qualquer forma, ainda que em muitos casos o seguro não seja exigido pela polícia, é recomendável que você o faça, por se tratar de uma lei nacional, por possuir boas coberturas contra acidentes e também por existir a possibilidade dele ser solicitado em alguma abordagem.

Como diz o velho e bom ditado: “o seguro morreu de velho”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here