A Nicarágua foi o país que mais gostamos da América Central.

Hoje, se nos perguntassem qual país desta região voltaríamos sem pestanejar, a resposta seria a Nicarágua.

A Nicarágua nos reservou destinos surreais. Imagem: Vulcão Masaya.

Não que não tenhamos gostado dos demais países, pelo contrário. Nos encantamos pela Costa Rica e pelas belas praias do Panamá, mas a Nicarágua é um país diferente, que mescla paisagens e culturas riquíssimas.

O povo nicaraguense é um dos maiores patrimônios do país. Extremamente cordial e acolhedor, nos sentimos em casa durante os nove dias que passamos por esta nação.

A simplicidade dos pescadores do Lago Nicarágua e dos moradores da Ilha de Ometepe foi tão marcante quanto os encontros que tivemos nos altiplanos do Peru.

É verdade que o país tem graves problemas sociais, mas isto não o torna inseguro. Pelo contrário, nos sentimos muito seguros na Nicáragua, especialmente na Ilha de Ometepe.

Por conta disto, o setor de turismo segue uma tendência crescente, atraindo cada vez mais visitantes de todos os cantos do mundo.

Sentiremos saudades da Nicarágua, de seu povo e de destinos fascinantes como o Vulcão Masaya, as Isletas de Granada e a Ilha de Ometepe.

Seguimos em frente, mas levamos em nossos corações uma enorme gratidão pela Nicarágua.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here