Post em agradecimento aos amigos Carol e Felipe, que por quase duas semanas nos receberam com tanto carinho em sua casa.

 

Alguns destinos de nossa volta ao mundo de carro simplesmente aparecem em nossa rota, ainda que nossos planos sejam totalmente opostos.

E este foi o caso da incrível Salt Lake City, a capital do estado americano do Utah.

Igreja em Salt Lake City e, ao fundo, as imensas montanhas que rodeiam a cidade.

Infelizmente, por conta de mais um problema que tivemos em nosso carro, a cerca de 50 quilômetros ao norte de Salt Lake, tivemos que retornar e procurar uma mecânica que pudesse trabalhar no Mochileiro.

Desde o México, temos tido exatamente o mesmo problema em nosso carro, que perde a potência e simplesmente para de funcionar. Já havíamos feito quase todos os remendos que nos foram aconselhados e, depois de tanto tentar e não solucionar o problema, optamos por verificar a nossa bomba injetora, que poderia estar com baixa pressão.

Entretanto, as mecânicas americanas são muito diferentes do que estamos acostumados na América Latina, além de praticarem preços exorbitantes pela hora trabalhada.

A falta de opções confiáveis e baratas nos fez parar por várias semanas em Salt Lake City, à espera do carro.

Já que não nos restavam mais alternativas, pra quê se preocupar? Pelas ruas de Salt Lake City.

Como já sabíamos que o carro iria demorar e que, em decorrência disto, os nossos planos para o Alaska se tornavam bem arriscados, não haviam mais motivos para tirar o nosso sono e o melhor, naquele momento, era aproveitar a oportunidade para conhecer a fundo uma das cidades mais tradicionais dos Estados Unidos.

Considerada a capital da Igreja Mórmon no mundo, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, a cidade de Salt Lake guarda fortes traços culturais dos pioneiros desbravadores destas terras, que eram exatamente da Igreja Mórmon.

Igreja Mórmon em Salt Lake City.

Muitas Igrejas espalhadas pela cidade, restaurantes que fecham aos domingos e proibição da venda de bebidas alcoólicas em mercados comuns são algumas das características que tornam Salt Lake uma cidade peculiar dentro dos Estados Unidos, uma verdadeira ilha de tradicionalismo em meio à um país tão liberal quanto a certos temas.

Isto só torna Salt Lake uma cidade ainda mais interessante, por preservar tanto a cultura de seus antepassados que, por aqui, fincaram as suas bandeiras.

Ao redor da Temple Square, o quarteirão mais famoso da cidade, encontra-se um dos Templos mais bonitos que vimos pelos Estados Unidos e diversas construções ligadas à Igreja Mórmon.

O Templo Mórmon da Temple Square.

A poucos metros dali, em um prédio moderníssimo e altamente tecnológico, se localiza a famosa sede da “Family Search”, que concentra a maior quantidade de registros genealógicos do mundo, também executado pelos Mórmons, que viajam mundo afora digitalizando certidões, colocando todos os registros antigos de cartórios disponíveis gratuitamente na internet.

Um trabalho e tanto que, segundo fontes da Igreja, são realizados diariamente por mais de cem mil missionários espalhados por todos os cantos do mundo.

Todo o passado e o presente de Salt Lake City estão conectados, direta ou indiretamente, com a história da Igreja Mórmon.

Outro destino imperdível é a casa mais poderosa do estado de Utah, o Capitólio, que abriga a administração pública estadual, desde o começo do século XX, mais precisamente a partir de 1916. A sua arquitetura, em estilo neoclássico, faz deste imponente palácio um dos lugares mais bonitos de toda a cidade.

Fim de tarde em frente para o centro de poder do estado de Utah, o Capitólio.

Contudo, o que encheu os nossos olhos foi a possibilidade de acompanharmos de perto o tão esperado Eclipse Solar, que causou bons minutos de escuridão em certas partes do planeta.

Coincidentemente, estávamos na melhor região da Terra para acompanhar o eclipse. Pudemos ver praticamente 90% do sol encoberto pela lua, o que gerou lindas imagens e transformou um belo dia de sol em noite.

Uma experiência fantástica, daquelas que somente a estrada pode nos proporcionar.

Enfim, Salt Lake foi bem assim. Uma cidade cativante, que nos encantou aos poucos, ainda que a nossa parada não fosse planejada.

 

Onde ficar em Salt Lake City?

Uma excelente opção em Salt Lake City é se hospedar no Fairfield Inn & Suites by Marriott Midvale, um hotel moderno, muito aconchegante e localizado próximo à importantes destinos turísticos da cidade.

Quais lugares conhecer também?

Além dos destinos que relatamos no post acima, outros lugares imperdíveis em Salt Lake City são: Gardner Village, Conservation Garden Park, Topgolf e as diversas estações de ski, que só ficam abertas durante o inverno.

2 COMENTÁRIOS

  1. Mochileiros, Henrique e Sabrine, mesmo com o vosso companheiro em baixa forma nunca desistam.
    As fotos são especulares para mais tarde recordarem e, quando já velhinhos mostrarem aos vossos netos.
    Os mórmon, ui estiveram ca em casa.
    força
    ABRAÇOS

    • Olá, querida amiga Loudes, tudo bem?
      Realmente, com o tempo vamos aprendendo que, cada porta que se fecha, carrega consigo outras inúmeras que se abrem, como foi o caso da incrível Salt Lake City.
      Levaremos daqui muitos momentos inesquecíveis e amigos para a vida toda! 🙂
      Beijos dos amigos,
      Henrique e Sabrina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here