Durante a Copa do Mundo de 2018, foi bem divertido acompanhar os jogos do mundial em vários países diferentes. A estreia do Brasil, por exemplo, assistimos na Espanha. A classificação da França para a final, estávamos justamente no país e vimos de perto a festa dos torcedores franceses.

Mas o que a gente, e talvez o resto do mundo, não esperava era ver a Cróacia na final. E não é que estávamos bem no lugar certo e no dia certo?!

Era o nosso primeiro dia no país quando o time croata jogou a semifinal contra a Inglaterra. Tínhamos acabado de chegar em Split e encontramos a cidade deserta. Não havia nenhuma alma viva nas ruas. Todos em suas casas ou em bares, roendo unhas, ansiosos pelo resultado final do jogo.

Quando o gol veio, chegamos a arrepiar. Uma festa sem fim tomou conta do silêncio das ruas. Foi emocionante! 

Nos dias seguintes não se falava em outra coisa no país! Contrariando todas as previsões de apaixonados por futebol, polvos videntes e de toda a imprensa, a Croácia estava na final da Copa do Mundo.

No dia histórico, decidimos conhecer uma das ilhas mais bonitas do país, a encantadora Ilha de Bol. Mas, antes de embarcarmos para Bol, compramos uma faixa da Croácia, para torcer pelo seu time de futebol e também guardar a lembrança deste acolhedor país.

Escolhemos um quiosque em frente à praia para assistir ao jogo. Croácia versus França.

Torcemos, brigamos com o juiz, cantamos o hino junto com os locais. Apesar da derrota de 4×2, a Ilha inteira continuou em festa. A realização dos croatas em estar na final era tão grande que, para eles, esta foi a maior vitória.

Viva a Croácia!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here