Viajar de carro pelo Marrocos é uma experiência incrível. O país é verdadeiramente a terra das cores e dos contrastes.

E para ter a oportunidade de conhecer o Marrocos mais autêntico, acreditamos que a melhor maneira é viajando de carro.

Sendo assim, para chegar de carro no Marrocos, partindo da Europa, é preciso cruzar o pequeno trecho de mar que separa os continentes europeu e africano. O Estreito de Gibraltar é uma separação natural entre o Mar Mediterrâneo e o Oceano Atlântico.

Abaixo fizemos um passo a passo de como cruzar de ferry da Espanha para o Marrocos

  1. O melhor porto para fazer a Travessia de ferry do Estreito de Gibraltar é o Porto de Algeciras, no sul da Espanha.
  2. É possível sair também das cidades de Tarifa ou Gibraltar.
  3. Chegando em Algeciras, você pode adquirir os tickets para o veículo e passageiros em diversas empresas, espalhadas por toda a cidade.
  4. Nós compramos os nossos tickets de ida e volta na agência Normandie Viajes para o ferry da empresa FRS Ferries.
  5. O porto de chegada para quem parte de Algeciras é Tanger Med.
  6. Além dos tickets, a Agência prepara também a Permissão Temporária para Ingresso do veículo no Marrocos (TIP), o que é uma mão na roda, pois evitamos preencher algum dado incorreto.
  7. Caso você opte por comprar os bilhetes online pelo site da FRS Ferries, é possível preencher o formulário da TIP por conta própria, dentro do ferry.
  8. Recomendamos a compra dos bilhetes de ida e volta, que saem mais baratos do que se comprados separadamente. Esta é uma boa opção, já que não é preciso marcar a data da volta na hora da compra.
  9. Com a TIP e os tickets em mãos, é só ingressar na balsa.
  10. É recomendável chegar no porto em até uma hora antes do horário de partida da balsa.
  11. Nos meses de verão da Europa, as filas para o ferry são enormes e não respeitam os horários dos bilhetes, mas sim a ordem de chegada dos carros. Sendo assim, evite viajar nesta época do ano ou chegue no porto em horários menos concorridos.
  12. Na ida para o Marrocos, você faz tanto a imigração pessoal quanto o carimbo da Aduana dentro da balsa mesmo.

A chegada no Marrocos

A entrada no país foi tranquila. Os oficiais da Aduana fiscalizaram o carro, pediram os documentos e já estávamos liberados para seguir.

Assim que você cruza a barreira policial, ainda dentro do Porto de Tânger, existe um pequeno centro comercial, onde você pode contratar o seguro obrigatório para o carro.

Nós contratamos o seguro para o prazo de 30 dias e nos custou cerca de 100 euros, em agosto de 2018. 

Estrada para o Deserto do Saara, Marrocos.

 

Durante a nossa viagem pelo país, fomos parados diversas vezes pela polícia, mas eles nunca nos pediram este seguro. De qualquer forma, é aconselhável ter o seguro em mãos, porque nunca sabemos o que os policiais podem solicitar.

O retorno para a Espanha

Caso você já tenha o ticket da volta para Espanha, o procedimento é muito simples. Basta chegar no porto nos horários programados de saída, fazer uma espécie de check-in no quiosque da empresa operadora do ferry, seguir para a inspeção da polícia e imigração e pronto!

No porto de Tanger Med, fique atento com a abordagem de pessoas que desejam vender tickets. Quando nós chegamos no porto, um oficial mentiu para nós dizendo que a saída do nosso ferry estava cancelada e nos orientou a comprar novos bilhetes de outra empresa. Nunca confie nessas abordagens, sempre converse com funcionários da empresa que você comprou os tickets.

1 comentário

Deixe uma resposta para O que fazer no Marrocos | Terra Adentro Cancel reply

Escreva seu comentário!
Por favor escreva seu nome aqui